25 ago 2014

Barganhas!! Onde comprar roupa muito barata nos EUA!

Categoria: Atividades, Cultura, Dicas, Dinheiro

Por:

Meninas,

Eu voltei do meu ano de Au Pair com apenas 6 malas cheias de roupas, sapatos e acessórios… paguei muita bagagem extra mas não me arrependi pois comprei muitas coisas que amei e outras nem tanto e vendi depois que cheguei aqui..mas o mais importante é que paguei muitooooooo barato..uma barganha..como eles dizem muito por lá…

Faço aqui uma lista das lojas que tem SEMPRE roupas, sapatos, acessórios e também utensílios domésticos, malas e bolsas e aparelhos eletrônicos como chapinha, babyliss, secadores, depiladores e etc bem baratos mesmo!!!

 

Vá com muito tempo e paciência, disposição para andar e fuçar as prateleiras e araras que dominam o ambiente… esteja atenta à palavra CLEARANCE.. e descubra o prazer de comprar uma calça jeand por apenas 1 dólar =)

Os nomes das lojas, estão com links que levam diretamente a pagina onde se pode localizar a loja mais perto de onde você está. Coloque a cidade e o estado, ou o Zipcode (CEP que você pode procurar em um hotel da cidade que você vai ficar) e pronto, uma lista vai aparecer com os endereços.

Peguei esta lista de um site super legal, que tem o resumo perfeito de cada loja. Acessem: http://www.aprendizdeviajante.com/index.php/2010/11/19/compras-alem-dos-outlets-lojas-de-descontos-nos-eua

Marshalls - É uma loja com artigos de marca a preços com desconto. É ótima para comprar roupas masculinas, gravatas, roupas para crianças, brinquedos educativos, livros infantis, bolsas, casacos, sapatos. Se você tiver paciência, pode encontrar ótimas barganhas em roupas femininas nas araras de promoção. Polo by Ralph Lauren e Tommy Hilfiger, duas das marcas mais procuradas em outlet são encontrados facilmente na loja. Algumas lojas tem uma super seção de sapatos com os maiores nomes em sapatos por preços melhores que lojas especializadas. Fim de ano eles sempre tem uma seção de eletrônicos e a seção de perfumes(originais!) também tem ótimos preços. Os preços em geral costumam ser muito melhores que nos outlets e é excelente quando você tem que comprar presentes para várias pessoas e tem pouco tempo. Está tudo no mesmo lugar.

T.J. Maxx- Com mais de 900 lojas pelos Estados Unidos a T.J. Maxx é do mesmo grupo da Marshalls e segue a mesma filosofia. É possível encontrar praticamente os mesmos tipos de itens e marcas nas duas lojas, inclusive os Gift Cards de uma loja, podem ser usadas na outra. Inclusive para este fim de ano, saiu a notícia aqui que a T.J. Maxx vai estar vendendo Ipads por preços com super desconto. US$399.00 ao invés dos US$499.00 que as lojas da Apple cobram. As lojas que tem o produto não estão fazendo propaganda. É a sorte, visitar uma e encontrar.

Home Goods – Também faz parte do Grupo Marshalls e T.J. Maxx e tem mais de 300 lojas por todo país, mas a diferença das outras duas é que esta é especializada em artigos para o lar : Cama, Mesa, banho, decoração e móveis. Se você quer comprar aquele lençol egípcio por uma pechincha, esse é o lugar.

Nordstrom Rack – A Nordstrom é uma loja de departamentos com um toque mais sofisticado e a Rack é outlet da Nordstrom. Nela você encontra artigos da Nordstrom de coleções passadas por preços com desconto. A seleção é bem variada, com destaque para roupas e calçados.

Ross - A Ross Dress for Less é especializada em roupas, calçados e acessórios para mulheres, homens e crianças. Conhecida por atender a camada mais popular, tem também algumas araras com roupas de marcas mais famosas.

DSW Store – É uma loja especializada em barganhas de sapatos. Normalmente as lojas são imensas e tem variedades de modelos e números e muitas marcas famosas. Eles vendem também bolsas e acessórios.

Century 21 - Conhecida como o “segredo mais bem guardado de Nova York”, a Century 21 tem lojas em Manhattan, Queens,Brooklin, Long Island. A loja em frente ao World Trade Center é a mais conhecida e uma segunda loja será aberta no Lincoln Center onde funcionava a  Barnes and Noble. Uma mega loja de departamentos com um andar inteiro de grifes européias, além de roupas, bolsas, calçados e artigos para o lar.

Big Lots - A loja Big Lots é pouco conhecida de turistas em geral, então é uma maravilha para fazer compras. Eles tem muitos artigos de decoração, eletrônicos, móveis, artigos de cozinha e de cama, mesa e banho, malas. O forte dessa loja não são as roupas.

Dress Barn - A Dress Barn é especializada em roupas e acessórios. É uma daquelas lojas que você tem que ir com paciência para garimpar e achar barganhas. A especialidade aqui não são em roupas de marcas conhecidas, mas eles tem uma boa seleção, especialmente de roupas para trabalho. É possível encontrar também bolsas, sapatos, malas e artigos de beleza.

Beijos e boas compras!!! Just don’t go crazy!!

 

No comments

25 jul 2014

Bem-vinda de volta!

Categoria: Atividades, Au Pair is..., Dicas, Medo

Por:

Bem vinda de volta à terrinha!!

você vai passar a valorizar muitas coisas daqui, que sentiu falta…mas vai abominar outras, sentir falta de peculiaridades do hemisfério norte e até mesmo chorar quando essa saudade aparecer… mas não se preocupe, tudo passa!

eu até hoje, depois de mais de 2 anos que voltei dos EUA sinto saudades de muitas coisas e pessoas que eu tinha por lá… normal…se vc morasse em qualquer lugar e criasse certas raízes você sentiria saudade, assim como morreu de saudade quando chegou lá…agora é o inverso… homesick do seu antigo lar temporário.

mas passa… a gente às vezes acha que a dor será infinita, que a gente tem que voltar pra lá imediatamente para não perder o que deixamos por lá, seja a família hospedeira querida, as crianças que vão crescer e podem te esquecer (odeio pensar nisso, mas OK, nós é que somos muito calorosos e emotivos, os americanos não são tanto e podem não ter o mesmo nível de afeto que temos com eles), seja um amor, amigos, as compras, as coisas e lugares que só tem lá… mas aos poucos nossa vida volta ao eixo e ficamos tomadas por outras coisas igualmente interessantes, pois quando voltamos nós ‘redescobrimos’ o Brasil… fato!!

se vc deixou um amor é mais difícil pq seus dias não serão os mesmos..é a saudade que mais dói… no meu caso eu não consegui manter uma relação a distância porque eu preciso de beijo, abraço, de mãos dadas e do calor de alguém, não suporto a frieza de um telefone, um email, uma conversa por Skype..não adianta pois não é a mesma coisa.

Eu não tinha dinheiro e tempo suficiente para viajar e nem meu ‘ficante’ na ocasião, até tentamos por um tempinho, mas não sobreviveu à distância = ( então mantivemos a amizade, mas a vida amorosa continuou pois não é fácil eliminar as barreiras físicas e a distância corporal e tbm amorosa que sofremos, mas cada casal é diferente..cada pessoa é diferente…eu não iria conseguir viajar para vê-lo e nem ele vir me ver, então nosso amor foi acabando…fomos nos distanciando e o que sobrou foi carinho e boas lembranças.. com o tempo passei a não sofrer mais com isso, mas acredito que tenha gente que consiga superar, que consiga namorar a distância, que consiga esperar para se juntar à pessoa amada depois de um tempo… ou voltar para lá ou trazer o amor para perto de si…

mas enfim…curta sua volta…a família..amigos..tenho certeza q todo mundo sentiu sua falta por aqui, e vc sentiu deles… volte pra sua vida sem voltar à rotina…pois sendo Au Pair nos acostumamos a não ter mais aquela rotina chata de antes..então faça do seu dia sempre uma aventura..mesmo q seja dentro da sua casa!

o que precisar desabafar, contar, perguntar conte comigo, pois tenho certeza que já passei por tudo isso e superei..a gente acha que é o fim do mundo mas a gente sempre acha um jeito de se sentir melhor, esquecer, resolver…enfim… O que for pra ser será, não force a barra, não sofra, não se sacrifique por nada, pois tudo se ajeita da melhor forma que tiver que ser para o seu bem!!! =)

ah, no campo profissional não esqueça de atualizar seu currículo com os cursos que você fez por lá, seja o que for, mencionar que você estudou nos EUA mostra que pelo menos seu inglês foi melhorado e vc teve uma excelente experiência de vida!! As boas oportunidades virão…não se apresse…dê tempo ao tempo para vc voltar à vida normal, mate a saudade de todos, viaje se preciso, cuide-se e então volte ao campo de batalha que se chama Mercado de Trabalho!

Bem vinda de volta!! Se cuida e aproveita esse novo Brasil q vc vai redescobrir!!

No comments

21 jul 2014

7 anos depois…

Categoria: Au Pair is..., Viagens e Passeios

Por:

Ola meninas, depois de bastante tempo sem postar nada, estou passando aqui pra contar como anda minha vida de ex Au Pair e, quem sabe, inspirar algumas de vocês! :)

Hoje faz 7 anos que deixei de ser Au Pair, depois de uma excelente experiência de quase 2 anos. E quero dividir com vocês como essa experiência tem me ajudado a trilhar minha vida.

Há exatos 7 anos eu retornava ao Brasil, com um mix de sentimentos dentro de mim, difícil de explicar. Estava muito feliz, por um lado, por estar novamente perto daqueles que amo, mas triste por deixar pra trás todos os que conheci durante esse tempo, entre eles amigos muito queridos.

Foram 2 anos de muito amadurecimento e acumulo de experiências –  boas, em sua maioria. Decidir ser Au Pair com 18 anos, e tinha acabado de completar 19 quando embarquei. Uma menina, que nunca tinha saído da casa dos pais, indo “desbravar o mundo”. Tive meus momentos difíceis, não vou negar, mas hoje vejo que tudo valeu muito a pena. Tudo o que passei, as boas e mas experiências, me ajudou a ser quem eu sou. Conheci pessoas diferentes, lugares diferentes, formas de encarar o mundo diferentes. E, de quebra, ganhei fluência numa segunda língua.

Após minha volta, me readaptei ao Brasil e logo, com minha bagagem dos quase 2 anos de vivencia em outro pais,  fui fazer faculdade. Escolhi cursar Pedagogia, por acreditar que a educação pode mudar o mundo (após presenciar que, sim, uma boa educação pode transformar sociedades). Durante o curso amadureci, aprendi muito e mudei o modo de enxergar muitas coisas.

Quando terminei o curso, juntei uma experiência com a outra e fui trabalhar com educação bilíngue, ainda no Brasil. Mas, como muitas de vocês ainda irão descobrir, a gente toma gosto por viajar e conhecer lugares e pessoas diferentes. Em viver situações diferentes. E eu queria um pouco mais dessa sensação.

Logo que me formei na faculdade, mandei um currículo pra uma escola de educação infantil bilíngue na Alemanha. Após seis meses, entraram em contato comigo e hoje estou morando em Munique, no sul do pais, há 1 ano e 9 meses (exatamente o mesmo tempo que fui Au Pair). Tem sido uma experiência incrível, já que pude juntar o prazer de rodar pelo mundo com o de trabalhar com educação. Atualmente sou professora de inglês em uma turma de pequenininhos, com origem em diferentes partes do mundo.

Já estou com uma data, mais ou menos definida, pra retornar ao Brasil. Pretendo juntar tudo o que aprendi e vivenciei nesses quase 4 anos morando fora do pais pra tentar colocar em prática alguns dos meus ideais. Não sei o que esta por vir, mas, obviamente, minha experiência como Au Pair foi o ponta pé inicial pra tudo isso que já experienciei e que ainda experienciarei.

4 comments

16 jul 2014

Como fazer um ótimo vídeo!!

Categoria: Atividades, Au Pair is..., Dicas, Vídeos

Por:

Hello futuras Au Pairs…esse post é pra vcs!!

Recebo muitas dúvidas sobre como fazer um vídeo bem legal, que atraia a atenção das famílias e façam elas quererem muito fazer o Match com vc!!!

Vamos às dicas!

Luz, Câmera e Ação!

Como o vídeo pode ser o diferencial no seu application:

Os vídeos são a melhor  maneira para as famílias saberem quem é você, como vc se comporta, como é seu jeito, seu olhar, seu modo de falar, assim elas criam uma empatia momentânea com vc, o que é muito importante, afinal vocês vão viver juntos e cuidar das crianças delas por pelo menos um ano. Então tem que haver essa abertura, essa exposição para eles verem se gostam do seu jeitinho de ser =).

Muitas famílias só querem saber de meninas que tem o vídeo, pois ele é uma grande chance de conhecer mais a fundo a futura Au Pair. A visualização do vídeo da Au Pair torna-se um evento familiar, pois todos querem conhecer e aprovar a futura Au Pair através da imagem que você envia! Então, capriche!

Dicas para um bom vídeo:

  • Deve ter no máximo 3 minutos de duração.
  • Fale claramente na frente da câmera e se quiser utilizar música de fundo, deixe-a em um volume baixo.
  • Tente filmar mais ao ar livre, durante o dia, pois a iluminação é maior e as imagens ficam mais agradáveis a quem vê. Use locações como parques, praças, praia, campo, jardim, enfim, algum lugar alegre, que seja colorido, pois isso também chama a atenção da família e principalmente das crianças! Tente filmar em momentos de pouco movimento nesses locais para não haver muito barulho no fundo.
  • Evite filmar dentro de casa ou ambientes fechados pois a iluminação nem sempre é boa e pode ter ruídos de televisão, cozinha, familiares falando, cachorro, etc.
  • Use a melhor câmera que puder, filmagem de celular sem sempre é uma boa ideia.
  • Fale sobre: ‘Por que você quer ser uma au pair’ e “Por que uma família deve escolher você para ser sua au pair?
  • Vista-se adequadamente, roupas discretas e coloridas, não faça maquiagem pesada, não use decotes e não apareça de biquini ou shortinho. Muitas mães podem achar que você é bonita demais e ter ciúmes de levar você para morar na casa dela (isso é real, não é exagero não!)
  • Mantenha uma postura profissional, porém alegre, não se infantilize muito, pois deve mostrar que é responsável e pode dar conta das crianças, sorria sempre e abra seu coração ao falar sobre você para a família.
  • Sempre mencione que gosta muito de crianças, se puder coloque trechos de vídeos seus com crianças ou fotos suas com crianças.

Seu vídeo pode ser rejeitado se…

  • Exibir nudez de criança, como por exemplo, trocando fraldas, tomando banhos, ou nadando nu.
  • Música de fundo tiver conteúdo de sexo, drogas ou violência.
  • Tiver logotipos de empresas de produção, como a DreamWorks, Walt Disney Pictures, 20th Century Fox, etc, Isto também se aplica ao uso ilegal de filmagens, por isso crie todo seu conteúdo, não pegue imagens que não sejam autorizadas, que sejam criadas por outras pessoas ou tenha direitos autorais.
  • Vídeos que ultrapassem 3 minutos de duração.
  • Se você não aparecer falando em pelo menos metade da duração do vídeo.

Como as famílias preferem os vídeos:

  • Você pode querer incluir fotos de família, amigos ou crianças que você cuidou, mas as famílias preferem vídeos onde eles podem ver vc em ação, falando sobre você. Mesmo se você não está incluindo atividades com as crianças em seu vídeo, eles preferem ver algo mais do que música e montagens de fotos.
  • Não faça o vídeo muito longo e entediante. Mostre o que vc tem de melhor, seja objetiva e alegre, não precisa usar os 3 minutos de vídeo.
  • As famílias querem ouvir o seu nível de Inglês. Os vídeos são a melhor maneira para verificar seu nível de Inglês.
  • Sorria sempre, mostre-se alegre e disposta a ser a Au Pair da família. Fale bem generalizado para atingir o máximo de perfis de famílias que possam te escolher.
  • A maioria das famílias americanas tem Pets (animais de estimação), então mencione se vc gosta de animais, ou se é alérgica, pois isto também é um grande ponto a ser informado por vc e pela família para a escolha da Au Pair.

Outras dicas gerais:

  • Use músicas infantis de fundo, assim vc já cria uma identificação com as crianças! Eu usei uma da Hanna Montanna =) que era febre na época, mas hoje já está ultrapassada…hehehehe
  • Deixe a música de fundo baixa, para não encobrir sua voz… você deve ter mais destaque do que todo o resto do vídeo.
  • Verifique com a agência o tamanho máximo permitido (em Megabytes) e o formato aceito pela plataforma do Application (MP4, WMA, AVI etc)
  • Coloque algumas legendas durante o vídeo, também para as fotos, para saberem quem está na foto, quando foi tirada etc.
  • Mostre que você é uma menina feliz, responsável, que ama crianças e ama sua família, seu país, que quer estudar, trabalhar e aprender com a nova família!
Veja no You Tube centenas de vídeos de meninas que já fizeram o Video Application para ser Au Pair e inspire-se! Mas saiba que com essas dicas e com muita atenção e carinho, seu vídeo pode sair muito melhor que o delas. Capriche pois valerá a pena!

Beijos e boa sorte!

;)

 

2 comments

6 jul 2014

Au… o que?

Categoria: Atividades, Au Pair is..., Dicas

Por:

AU PAIR!!!

Bem vindas ao blog Au Pais is… e como o nome já diz, neste blog vc descobre o que é ser uma de nós…

 

Vejam a descrição do que é ser Au Pair:

A expressão au pair, em francês significa “a par” ou “igual” e tem sua origem na ideia de paridade econômica entre serviços trocados. Originalmente referia-se ao trabalho fornecido em troca de alojamento e comida, com ou sem remuneração. Daí surgiu a expressão travailler au pair, bem como, jeune fille au pair, que existe desde o século XIX  e foi posteriormente reduzida para au pair.

Atualmente, na França, faz-se uma distinção entre o conceito tradicional de au pair - que é um trabalhador assalariado, alojado e geralmente alimentado por uma família, em troca da execução de tarefas domésticas, tais como o cuidado de crianças - e o chamado stagiaire aide familial étranger (“estagiário estrangeiro de ajuda familiar”), que é o jovem estrangeiro participante de programa de intercâmbio com o objetivo de aprender a língua do país receptor (inclusive frequentando aulas durante uma parte do dia) e que é alojado e alimentado por uma família local, podendo receber também algum dinheiro, para cuidar das crianças dessa família.

Embora em todo o mundo a expressão au pair seja utilizada para designar o jovem estrangeiro participante de um programa de intercâmbio cultural, na França, paradoxalmente, a denominação utilizada é, segundo o estatuto legal, stagiaire aide familial étranger.  Assim, um jovem francês que participe de programa de intercâmbio em outro país é chamado au pair, enquanto o jovem estrangeiro, participante do mesmo programa e recebido por uma família francesa, é chamado stagiaire aide familial étranger.

Uma Au pair (plural: au pairs) é uma ajudante que trabalha como babá, vinda de um país estrangeiro e que trabalha para, e vive como se fosse parte da família hospedeira. O Au Pair como um programa de intercâmbio cultural para jovens, de ambos os sexos, tem duração média de 12 a 24 meses. Apesar do programa aceitar homens, a imensa maioria de participantes ainda são do sexo feminino.

au pair é recebida em um país de língua estrangeira por uma família com crianças, onde recebe moradia, uma bolsa de estudos (geralmente do idioma local) e um salário semanal. Tem como responsabilidade o cuidado com a(s) criança(s) da família anfitriã e ajuda com parte dos trabalhos domésticos da casa relacionados com as crianças. É uma oportunidade para jovens que querem conhecer um novo país, aprender uma nova língua e garantir um trabalho remunerado neste processo.

Uma au pair deve ser tratada como uma parte igual da família, não como um servo e não deve ser obrigada a usar uniforme. Não pode haver mal-entendidos em ambos os lados sobre o que isso significa. A prática usual é que a au pair faça suas refeições com a família na maior parte do tempo e participe das atividades habituais, como passeios e viagens. No entanto, a família anfitriã normalmente espera ter algum tempo para si mesma, privado, especialmente à noite. Durante esse tempo, a au pair pode retornar a seu quarto para assistir televisão ou estudar, ou sair com amigos. Existem limites quanto às horas trabalhadas, estabelecidos pelo governo de muitos países. À au pair é dado um subsídio mensal e todas as despesas são pagas pela família anfitriã.

Au pairs devem cuidar das crianças e executar alguns serviços domésticos. Não são responsáveis por serviços que não estejam relacionados com as crianças ou com as áreas de convivência da casa. Os deveres de uma au pair geralmente incluem:

  • Acordar as crianças
  • Levar e/ou pegar as crianças na escola
  • Ajudar as crianças com o dever de casa
  • Brincar com as crianças
  • Levar as crianças para passear em parques, grupos de brincadeira ou outras atividades
  • Preparar refeições para as crianças
  • Lavar as roupas das crianças
  • Arrumar as camas das crianças
  • Limpar o banheiro das crianças
  • Fazer pequenas compras
Os Estados Unidos são o destino mais procurado para este tipo de intercâmbio, mas há opções de vários outros países, basta você procurar saber na agência.

Há basicamente dois tipos de programas de au pair: os oficiais e reconhecidos pelos governos internacionais (que são oferecidos por Agências de renome como a EXPERIMENTO  e são totalmente confiáveis) ou aqueles do tipo bolsa de emprego, em que famílias interessadas e os(as) candidatos(as) entram em contato sem intermediários, porém é muito arriscado, pois se algo acontece com você, não há respaldo e ajuda da agência se você decidir ir por conta própria.

 

É fundamental realizar este tipo de intercâmbio com uma Agência Especializada, e a EXPERIMENTO é simplesmente A MELHOR para cuidar de todos os trâmites de ida, estadia e volta, sem nenhum problema. Você tem todo o auxílio da equipe desde a tomada de decisão de ser uma Au Pair, ajuda com a documentação necessária, testes, passaporte, vistos, orientações, passagens, traveller´s check, enfim, TUDO é orientado pela agência e cuidado por ela, assim você só terá que se dispor a ir e viver essa maravilhosa experiência sem nenhuma preocupação! Comigo foi tudo PERFEITO, então só tenho a agradecer à equipe da EXPERIMENTO que me atendeu tão bem, que atendeu meu pai tão bem (e o deixou super sossegado de me deixar nas mãos da agência) e cuidou para que tudo saísse corretamente, não tive nenhum problema durante minha experiência!

Super recomendo a EXPERIMENTO!!

beijos e boa sorte!

1 comment