25 mar 2011

A recepção das host families

Categoria: Au Pair is...

Por:

Assim como nós esperamos ansiosamente pra chegar na casa da host family, eles também esperam nossa chegada.

Arrumam nosso quarto, separam roupa de cama e banho, deixam tudo limpo e arrumado, só aguardando por nós, au pairs.

Na meu primeiro ano, como iria ficar em CT, meu host father foi me buscar no hotel em Stamford. No caminho, que durou aproximadamente uma hora, eu estava bem nervosa, e fomos conversando sobre diversos assuntos: clima, economia, as crianças, a vizinhança…

Chegando lá, as crianças vieram me receber com beijos e abraços e logo foram me mostrando meu quarto, que estava arrumadinho, com uma cesta cheia produtos de beleza e higiene pessoal. Me mostravam o banheiro que eu iria usar, o quarto delas e o resto da casa. Como já era a noite, fomos jantar. Minha host mother havia preparado uma lasanha, depois de me perguntar (antes de eu embarcar) se eu gostava . Jantamos, conversamos muito, recebi uma visita da au pair vizinha, que também era brasileira, recebi algumas instruções sobre a casa (como ligar a TV, microondas, telefone, desativar/ativar o alarme, abrir o portão da garagem…), mas como era muita informação de uma vez só, logo me “liberaram” pra ir descansar. No dia seguinte, saí para dirigir com minha host mother, que já foi me ensinando o caminho, onde ficava a escola, as lojas, farmácia… Nesse dia ela tirou o dia de folga e me levou a vários lugares e explicou como seria a rotina e regras. Esses primeiros dias são um pouco cansativos, já que é tudo em inglês o tempo todo e muitas informações novas. No terceiro dia, já fiquei com as crianças e levei e busquei na escola. Meu host father abriu uma conta no banco pra mim e já me ensinaram como fazia pra tirar o social security number, pois precisava tirar a carteira de motorista do estado. Sempre que eu precisava, eles me indicavam o melhor lugar pra ir. Eles foram muito receptivos e me ajudaram muito, com o inglês, com a cidade, com as crianças, com a casa.

Quando cheguei à minha segunda host family, um ano depois da experiência acima, eu já estava MUITO mais habituada com os EUA. Como eles ainda tinham uma au pair (que era minha amiga há anos já no Brasil), fui recebida por ela e pelo host father no aeroporto. Quando chegamos, as crianças e a mãe estavam à nossa espera. Eles foram muito receptivos também. No meu quarto, além de uma cesta cheia de guloseimas, havia cartazes feitos pela minha amiga com a ajuda das crianças. Depois que me mostraram a casa inteira, jantamos e conversamos bastante. No dia seguinte, saí pra dirigir com meu host father, que não me levou longe. Como a Ana (minha amiga au pair) estava lá, ela que me apresentou aos lugares e deu várias dicas sobre a cidade e a host family. Ela ficou ainda por uns 10 dias ainda depois que cheguei, então tivemos bastante tempo pra ela me mostrar várias coisas. Quando ela foi embora, meus hosts sempre me ajudavam no que eu precisava, dando dicas e informações que sempre eram muito bem vindas.

Foram duas situações diferentes, mas as duas host families me receberam muito bem e fizeram várias coisas para que eu me adaptasse rapidamente e me sentisse bem. E eu acredito que seja assim na maioria dos casos (pelo que ouvi até hoje).

9 comments

  1. Natany disse:

    Estou começando o processo agora e eu desejo muuuito que minha host family seja parecida com a sua ^^
    Antes porém….falei com minha mãe e ela disse que o melhor seria terminar a faculdade antes :(
    Estou tentando convencer ela e meu pai, bom que eu tenho tempo pra isso 2012 tá longe

    This is it

    • Angeline disse:

      Se vc quer mesmo ir, não desista.
      Meus pais também no começo estavam com receio…aliás…até na hr de eu embarcar eles estavam..heheh… mas me apoiaram… e no fim deu tudo certo…
      converse mais com ele, pq vale muito a pena!

      Beijos e boa sorte aí nas “negociações” com seus pais

  2. Ari Moura disse:

    Gostei do post!
    Quando cheguei meu host tbm me buscou no treinamento e viemos o caminho todo tbm conversando, em casa estava a ex au pair as kids e a mãe, jantamos juntos e me mostraram a casa. No meu quarto tinha várias roupas de inverno, flores e um cartão de uma loja da cidade.
    Eles arrumaram td tbm pra minha chegada e foi mto legal!

  3. Viviane disse:

    Olha espero que minha Host family me receba assim tb!! pois estou online aguardando uma family, hj a Host mother me dispensou pq não sei nadar… talves tem mal que vem para o bem!! rs bjosss

  4. Daniele disse:

    Eu vivo imaginando muito sobre a viagem, estou no processo para ficar online ainda, e a chegada sempre foi uma das minhas preocupações. Sabe, o que fazer quando chegar lá, será que eles vão me ajudar, me instruir ou eu vou ter que pedir “oi, cheguei, o que faço agora?”, rs. É bom saber que a maioria das famílias está preparada. E eu torço muito para encontrar uma família que me ajude no começo, como a sua. Foi um ótimo post! Parabéns!

    • Angeline disse:

      Oi Dani,
      então, eu acredito que a maioria das famílias esteja preparada sim! Fui 1a au pair da família e qd cheguei eles ja tinham tudo certo, inclusive o que eu deveria fazer e meus horários…
      acho que, assim como nós esperamos e ficamos na expectativa, eles ficam tbm.
      Beijão e obrigada
      :-)

  5. Júlia disse:

    Oláa meninass!!
    vim aki fazer parte dessa galera cheia de dúvidas e expectativas né.Bom, já estou on-line há meses e tive apenas um contato, que ainda não deu certo,estou desesperadaaaa…rsrs, quero uma host family urgente.Vou deixar aqui meu e-mail julia_custodio@yahoo.com.br ou MSN:julia-custodio@hotmail.com, quem quiser add fique a vontade, assim podemos conversar um pouco a respeito das experiências.

    Bjosssss!!!

Leave your Commnet!