18 jun 2013

As emoções de uma futura Au Pair!

Categoria: Au Pair is..., Dicas, Medo

Por:

Recebo muitos comentários das meninas que tem dúvidas, medos, angústias antes da decisão ou durante a preparação para ser Au Pair… e dentre elas uma menina em especial virou uma super amiga e eu espero tê-la ajudado de verdade nesses meses que antecederam o seu Match.

Gostei muito da história dela, das reações que ela teve a cada momento de incerteza e medo de não dar certo… mas ela manteve a calma, foi forte, corajosa, persistente e paciente e finalmente a família perfeita apareceu! Assim como aparecerá para todas que sabem esperar =)

Como eu já passei por isso também, mas já relatei e foi há quase 2 anos, pedi pra que a Karina relatasse os momentos dela desde que ela decidiu ser Au Pair até agora, a véspera do embarque… espero que vocês se identifiquem com ela e que as palavras dela tranquilizem seu coração nesse momento ´tenso´… mas lembre-se que vale muito a pena… a gente cansa, fica triste, pensa em desistir, mas se a gente não correr atrás, perde a oportunidade de viver esta incrível experiência!

Keep Calm and Enjoy Karina’s report 😉

…..

“Calma…respira…conta até 10…!

Calma, paciência…foram as palavras que mais ouvi nos últimos meses e que mais tentei praticar…Mas tem como??

-Em quanto tempo as meninas ficam online?

-Em média de duas semanas a um mês.

Eu fiquei online depois de quase DOIS meses.

Nem preciso dizer que a ansiedade já estava me deixando maluca, né? Era um tal de ligar na agência, mandar e-mail para a consultora…o que havia de errado com meu application???? NADA. Simplesmente demorou e eu tinha que me conformar em estar fora da média…umas ficam online em duas semanas, outras em dois meses, soma, divide, média é média! Tem muita menina querendo ir! Calma!

“Você está online!”

Uhuuuuuuuuu! Yes!!!

Alívio?!?

Pfffff…que nada! Por uns 10 segundos, talvez.

-Em quanto tempo geralmente as meninas fazem o match?

-Em média um mês e meio.

E lá vou eu confiar na média de novo…!

Uma semana se passou…toda hora abrindo o e-mail para ver se tinha alguma coisa.

Depois de uma semana e meia desde que havia ficado online, tcharam! Abri meu e-mail e li: “A Host Family is interested in you”! Pode parecer idiota, mas a primeira coisa que me veio à cabeça foi “as famílias existem!!!”…rsrs Corri para ler o essay e ver as fotos…! Uau! São da Califórnia…sempre sonhei com a Califórnia…troca e-mail, conversa no Skype…e…não rola!

A ansiedade volta…cadê as outras famílias??? o.O

Até que recebi o tão esperado e-mail de novo!

Não sei explicar direito, mas a cada nova família que aparecia me dava a sensação do negócio ser mais real…quando não dava certo e meu application ficava vazio, sem nenhuma familiazinha pra contar história, parecia que estava tudo tão distante…e batia um medinho sempre! Medo de mais nenhuma se interessar, medo de ficar com o application encalhado. Paciência…paciência…!

O que fiz muito nesse período de esperar o match foi ler blogs de Au Pairs e ex-Au Pairs. Foi muito bom ler as experiências de outras meninas, porque senti que eu não estava sozinha, que essa espera acontece com TODO MUNDO.

Por outro lado, li algumas histórias de meninas que tiveram umas 20 Host Families interessadas e chegaram a conversar com vááááárias ao mesmo tempo. Oi?!? Mamãe passou açúcar nelas, né? Porque o meu, coitaaado…para aparecer UMAZINHA parecia um parto!! (Se bem que, como dizem, quantidade não é qualidade, né?!)

A segunda família me deu a impressão de que iria dar certo, mas para alimentar mais ainda minha angústia, ela sumiu do nada. Sumiu mesmo, sem ao menos um e-mailzinho, necas. Depois disso decidi não colocar tanta expectativa nas famílias que aparecessem, porque poderia não rolar novamente e a decepção não seria tão grande.

Espera mais um pouco…

Nisso cheguei ao cúmulo (ou nem tão cúmulo assim) de escrever no campo de busca do Google “Au Pair demora host family”. Hahaha E foi válido, porque achei alguns blogs que me ajudaram a controlar a ansiedade, de meninas relatando a demora em encontrar uma família também.

Nessa espera apareceram cinco famílias e foi com a quinta que rolou o tão esperado MATCH!

Eu havia trocado alguns e-mails com a família e marcamos de conversar no Skype. Foi muito legal, me senti à vontade, porque eles foram muito simpáticos e eu senti que seria legal fechar com eles…mas, como havia dito, não coloquei muita expectativa para não me decepcionar depois. Alguns e-mails trocados depois, ela quis falar no Skype de novo…eu mal aceitei a chamada ela já me falou “Hi Karina!! We wanna match with you!” :O

Não sei dizer o que senti, porque parecia mentira…a única coisa que consegui responder foi “really???”…hahaha

Conversamos mais um pouco, tirei mais algumas dúvidas e respondi que queria fazer o match com eles. J A sensação de alívio, felicidade, de vários sentimentos juntos é inexplicável!

Quando, no dia seguinte, chegou o e-mail da agência confirmando o match e a data de embarque, senti uma doooor de barriga…uma dor de barriga de AGORA SIM É REAL…EU VOU MESMO!”

Mas essa sensação não durou muito tempo.

Recebi um pack da APIA e fui à Experimento agendar meu visto.

Visto…o tão temido VISTO!

Eu estava sossegada em relação ao visto, até que eu tive a “brilhante” ideia de procurar blogs de meninas que tiveram o visto negado. Não façam isso…só serviu pra me deixar encanada. As meninas colocam o maior terror, falam que o pessoal do Consulado é um absurdo de cavalo, e blá blá blá…!

Desde quando eu estava aguardando meu application ficar disponível,  converso muito com a Isabella (uma das embaixadoras do blog) e quando eu encanava com algo, era ela que me acalmava. Não foi diferente com o visto! Ela me disse para ficar tranquila, que eu tinha todos os documentos, tudo certinho pela agência, então não tinha o que temer.

Mas eu sou muito ansiosa e isso é muito difícil de controlar. Quase nem dormi na noite anterior ao dia da entrevista.

E lá fui eu ao Consulado, com todos os documentos exigidos e mais alguns que minha consultora da agência pediu pra levar. Já fui preparada para encarar a grosseria que muitas pessoas falam, mas quer saber? Não vi nada disso. Existem pessoas educadas e pessoas grossas no barzinho, no restaurante, no supermercado, e lá não é diferente! A primeira moça que me atendeu na entrada foi super simpática. Já na hora do cônsul…tchan tchan tchan…caí com o mais cara fechada né?!? C-L-A-R-O!  Ele tinha acabado de ser bem chato com a menina da minha frente, enquanto o cônsul do lado batia o maior papo animado com uma família, mas respirei fundo e fui.

A entrevista foi muito sossegada! Ele me fez as perguntas básicas, para onde vou, o motivo, se falo inglês, o que pretendo fazer quando voltar…metade foi em português e outra metade em inglês. Quando vi que ele guardou meu passaporte na caixinha do lado, já fiquei feliz! Então ele me disse “Seu visto foi aprovado. Boa viagem!”…e eu quase saí dançando aaaah lelek lek lek!!!

Meu! Que alívioooo! Que sensação boa! Aí sim me senti realmente indo viajar!!! 😀

Nesse processo todo aprendi que paciência, fé e confiança são necessárias em todos os momentos (apesar de ser beeem difícil). E o mais importante é que O QUE É NOSSO NINGUÉM TIRA! Temos que curtir cada segundo: os de ansiedade, os de alívio, os de dor de barriga, os de felicidade! Tudo faz parte dessa experiência única!

E agora bora sentir a dor de barriga de novo…das últimas semanas no Brasil, do minuto antes do embarque, da chegada em NY, da chegada à casa da host Family, da reação das crianças, da saudade de casa… 😉 “

Por Karina Shintani, que embarca pra Gaithersburg, MD, no dia 7 de julho…. Obrigada Karina pelo seu relato lindo… tenha uma ótima viagem e uma incredible life in USA! =)

15 comments

  1. Karina disse:

    Isa! Vc com certeza me ajudou muito todo esse tempo! É muito bom falar com quem já passou pela experiência, mas quando a pessoa é atenciosa e legal como vc, é bem melhor! 😉
    Foi mto bom escrever para o blog! Espero que esse post conforte o coração de meninas que tb estão ansiosas e apreensivas!
    Bjs e muuuuito obrigada!!

    • Isabella disse:

      Ounn que fofa!! E vc está ajudando muito as meninas que estão passando pelo mesmo momento que vc, com certeza!!Muito Obrigada pela sua participação…seu relato foi emocionante e muito animador para todoas!! =) beijão!!

  2. Oii meninas!Nossa que depoimento mais lindo :)Me emocionei!!Gostaria que voces soubessem que este site e esses textos lindos e sinceros sao demais, e me ajudam muito(e com certeza muiiitas outras meninas,rsrs)!Parece que cada vez que eu acesso tem uma mensagem especial pra mim,para acalmar meu coracao!!Eu estou passando pela fase de a au pair care de Sp avaliar minha papelada e meu au pair room…Eu estou tranquila pq ser uma au pair eh oq eu realmente quero para mim e sendo assim baixei a cabeca e caprichei no meu video cv e na carta e em todo processo…Mas o nervoso e a ansiedade sempre batem ANYWAY …Temos que seguir firme e fortes pq esses sentimentos soh nos deixam angustiadas e nao resolvem nada :)nao eh mesmo? Be posite,calm down:)”Every little thing is gonna be all right” :) Gurias muito obrigada por compartilhar essas vivencias lindas e loucas desse mundo de au pair!!Bjao curta muito sua trip Dear Karina!

    • Karina disse:

      Oi Fernanda!

      Que bom! Esse blog sempre me ajudou mto! :)
      Só passei por uma etapa…ainda tem muuuuitas emoções por vir! hahahaha
      Vou curtir, sim! Pode deixar!! 😉
      Vc tb!! Boa sorte e q tuuudo dê muito certo!!

      Bjs!!

      • kathellyn disse:

        Li o texto e me identifiquei muito,realmente a ansiedade toma conta de nós estou entregando meu app e pretendo ir no inicio de dezembro, se puder me add no face , gostaria de fazer umas perguntinhas, prometo que não serão muitas

        Kathellyn Stephanie

        Xoxo

  3. Marselha disse:

    Nossa, é mesmo bom ouvir que tem gente passando o mesmo que eu.
    Estou on line há duas semanas. No segundo dia uma família mto legal começou a falar comigo. Trocamos muitos emails, conversamos por skype, mas puft! Eles sumiram!
    Daí, outra família também começou a falar comigo, mas sumiram DE NOVO!!!
    Estou com muito medo! Mas, pelo jeito, outras meninas também passam por isso e no fim dá certo, né?!

    Vou continuar aguardando, então!
    Boa viagem Karina!!!

    • Karina disse:

      Oi Marselha!

      Quando aconteceu das famílias sumirem, fiquei meio decepcionada…mas não encana não! Algo melhor está por vir! O q tiver q ser, será! rs 😉

      Obrigada!
      Bjs!

  4. Aline disse:

    Olá!
    Adorei e foi MUITO bom ter lido este post!
    Acabo de entregar meu App, e agora vem aquela espera para ficar on.

    Realmente, é preciso ter paciência, calma e FÉ!

    Boa viagem a Karina (que embarca bem no dia do meu aniversário!)

  5. Isabella disse:

    meninas…que bom que vcs gostaram!!! Contem suas experiências pelos comentários… se forem de “utilidade” pública a gente fz um post =) uma ajuda a outra!! Every little thing is gonna be alright!

  6. Caroline disse:

    Meu achei muito demais rs … estou nervosa porque vou me preparar para ser uma au pair no momento estou buscando muitas informações e me preparando meu curso de inglês está avançando e a angústia só aumenta (queria que terminasse rápido) mas a culpa foi minha demorei demais para fazê-lo agora tenho que ser paciente rs, mas adorei o relato e quando chegar minha vez espero que seja assim :)

  7. Ana Elisa disse:

    Oi meninas! Ler o relato da Karina me transportou no tempo. Meu processo foi no fim de 2008 e fui para NJ em Fev de 2009. Passei por muita ansiedade, dúvidas, medo… no fim tudo dá certo. Fui Au Pair pela segunda vez na Bélgica, onde moro até hoje. Quando temos um sonho assim, temos que ter muita coragem e ele vai nos levar aonde devemos ir. Boa aventura a todas! :)

  8. Fernanda disse:

    Eu fiquei online vai fazer quase uma semana…. nenhuma familia se interessou ainda ;/. Vcs acham que ‘e pq deixei minha data de disponibilidade para Maio do ano q vem ?

  9. Enddy disse:

    Olá meninas!!! Estou terminando meu curso de pedagogia este ano. E desde sempre tive grande vontade de ter uma experiência no exterior. A princípio eu pensava em intercambio, mas pensava de que? Pra que? Foi então que me apaixonei pela ideia de ser uma au pair!Até porque vou ser pedagoga e gosto do que faço. E então achei esse maravilhoso blog! Mas eu desejo ir pra San Francisco na Califórnia. Ai me surge uma dúvida: eu escolho preferência por lugar ou é a que aparecer? Ah e eu venho estudando inglês pela internet desde janeiro desse ano, claro estudei inglês nos tempos de escola, mas não é a mesma coisa. Meu inglês esta em intermediário ( segundo os testes que fiz na net 😀 )Se puder me responder, respondam por favor, e eu tenho muitas perguntas, acho que todas temos 😀 aahhhhhhhhhh o que a gente não faz por um sonho??!!

Leave your Commnet!