30 set 2010

Eleições 2010 para quem mora no exterior

Categoria: Au Pair is...

Por:

Para você que está por aqui enquanto ocorrem as eleições no Brasil (não se isso é bom ou ruim), algumas dicas.

Se você transferiu seu título até maio, você pode votar no dia 03 de outubro por aqui.

Se você perdeu essa data, precisa justificar. Mas, segundo o site da Justiça Eleitoral, não há recolha de justificativa no dia da eleição.
Então, o que fazer????

Você duas opções:
1 – “No prazo de 30 dias, contados a partir da data de retorno ao Brasil, compareça ao seu Cartório Eleitoral e preencha a justificativa, anexando cópia do passaporte com o carimbo de entrada no Brasil e/ou da passagem que comprove a data de retorno, e portando seus documentos pessoais (não deixe passar muito tempo do pleito, para evitar problemas com a sua inscrição eleitoral)”; ou

2- Preencha e envie pelo correio o requerimento de justificativa de ausência, com cópia de documento de identidade brasileiro, do título de eleitor e de prova do motivo alegado, no prazo de 60 dias contados da data de cada turno de votação, ao Juiz Eleitoral responsável pelo Cartório do município brasileiro onde você está cadastrado.

Você encontra o requerimento de justificativa de ausência neste link, em justificativa eleitoral.

Para encontrar o seu Cartório, clique aqui!

Mais informações, procure neste link!

Ah! Mais uma coisa, se houver segundo turno, precisa justificar de novo. Ou seja, imprimir o requerimento e mandar pelo correio com cópias dos documentos.

Espero ter ajudado!!!!

E cá entre nós, estou chateada de não pode votar esse ano para presidente. Queria participar e dar o meu voto, a minha opinião. =(

No comments

27 ago 2010

Ligando em casa!

Categoria: Au Pair is...

Por:

Depois de muito tempo, eu resolvi fixar mexendo nas funções do Skype e acabei descobrindo opções de falar em casa e receber ligações que compensa pra quem liga sempre.

Tem uma opção chamada “Skype To Go Number”que é gratuita. Você liga do seu celular pra um número local que o Skype cria e, a partir do seu celular, você liga pra onde quiser do mundo. O valor cobrado é descontado do próprio valor pré-pago no Skype.
Essa opção é fenomenal, principalmente, quando não temos conexão à internet ou quando ainda não temos computador pessoal.

Outra opção que achei muito interessante é a “Online Number”. Você compra um número local no Brasil, ou no país que quiser ter esse número. Quando as pessoas ligam nesse número, as ligações caem no seu Skype e quem ligou paga valor de ligação normal. O que dá pra fazer é transferir essas ligações para o seu celular, mas aí o valor da ligação pra você será descontado dos seus créditos no Skype.
O valor de uma linha no Brasil hoje em dia é por volta de U$ 6.00 por mês.

Além disso, pra quem não conhece, você pode falar e ver de graça de Skype pra Skype. Ou ainda, colocar créditos no seu Skype e ligar nos telefones do Brasil ou de qualquer lugar do mundo.
Eu costumo usar U$ 10.00 por mês, com as minhas ligações e mensagens pra celular pro Brasil. Fica em médio U$ 0.06 por minuto pra telefone fixo.

Fica aqui a dica. Se ainda tiver alguma dúvida, pode me mandar email que eu respondo com o que souber!!! cinthyagodoy@gmail.com

No comments

5 out 2009

Qual o seu medo?

Categoria: Au Pair is..., Dicas

Por:

Quero falar de medo. Porque sim, ele existe!

Bem menos agora que tudo já está nos eixos e mais do que em rotina! Mas antes de pegar aquele avião… quanto medo eu senti…. antes de entregar aqueles papéis… muito mais!

Acredito que medo não seja ruim em excesso porque nos ajuda a evitar o perigo. Mas se o medo está paralisando você… não fuja! Respire e enfrente. Principalmente se você está em dúvida de deixar o conforto da casa no seu país e ter uma experiência no exterior.

Eu posso dizer que não é fácil porque tive que enfrentar todo esse medo para chegar até aqui e hoje poder dizer que foi a melhor decisão que tomei. Aprendi e tenho aprendido muitooooo.

Eu me lembro das longas horas na cama antes de dormir pensando como iria ser quando eu chegasse… e como seria sobreviver sozinha em uma família que não é minha, em uma casa que não é a minha, falando uma língua que nem sei direito (isso me deixava até sem ar), sem os meus amigos, família e sem meu namorado.

Eu me lembro de ler histórias horríveis na internet e ouvir sobre o que acontecia com algumas meninas e morrer de medo de ter o azar de passar por alguma daquelas situações.

Lembro-me também de pensar na parte da viagem de avião. Seria a primeira vez depois de mais velha e seria a primeira viagem de longa distância também. Mas esse medo, todos os dias, eu guardava só pra hora do embarque. Eu decidi não sofrer de antecedência.

Medo do fato de ser 1 ano inteiro. Eu ficava inconformada em pensar o quanto iria demorar. Tanta coisa que eu gostaria de fazer antes de começar meu ano fora, como colocar aparelho nos dentes, emagrecer, comprar algumas coisas….

E tantas outras sensações de me sentir pressionada por tudo que as pessoas me questionavam… pelo meu namorado, pelo meu inglês e pela minha escolha em cuidar de crianças mesmo sendo graduada.

Sim, tudo isso era real! Não o que eu imaginava que seria, mas o meu medo.. ele era real e me paralisava de ir pra frente!

Hoje posso dizer que se eu não tivesse enfrentado, nunca saberia o que realmente tem aqui deste lado. E nunca teria aprendido tudo o que venho aprendendo e nem visto tudo o que tenho visto.

E se Lenine me permite  … ouça e leia com atenção essa letra de música e vença seu medo para crescer!

Clique aqui

343 comments