5 fev 2016

TUDO O QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER SOBRE SER AU PAIR – #UMAPERGUNTAPORVEZ

Categoria: Atividades, Au Pair is..., Cultura, Dicas

Por:

UMA PERGUNTA DE CADA VEZ.

Olá olá, maoew, hi, holá! Antes de me jogar de cabeça nessa vida de Au Pair, qualquer informação nova que chegasse até mim, me fazia vibrar de tanta curiosidade e empolgação. E as dúvidas então?! Cada dia surgia uma para acabar com a minha paz, por isso resolvi criar o quadro UMA PERGUNTA DE CADA vez aqui, onde você também pode participar me perguntando o que sempre quis saber! Para quem não sabe, existe um grupo no Facebook criado especialmente para sanar QUALQUER dúvida que qualquer pessoa tenha à respeito do programa. Abri um espaço para as meninas me perguntarem o que quiser e o resultado tem gerado perguntas muito boas. Em cada post do blog, vou tentar responder com o máximo de detalhes possíveis o que cada uma de vocês me perguntarem, certo meu povo? ENTÃO VAMOS LÁ!

“Qual a regra da sua casa, da sua família que você menos gosta? (Regra imposta pela casa, não pelo programa).” – PERGUNTA DA GABRIELLA TEIXEIRA, DE SÃO PAULO

RESPOSTA: Gabi, não sei se o fato dos meus host parents serem novos influencia nessa questão, mas eles se mostram bem abertos comigo quando o assunto é regras da casa. Até mesmo porque é MUITO IMPORTANTE você extrair o máximo de informações possíveis antes de fechar o tão sonhado match. Eu me lembro que fiz pelo menos umas mil perguntas durante o primeiro Skype que tive com a família ainda no Brasil, mas ainda assim, como é um momento onde a gente fica muito ansiosa (o), pode acabar esquecendo de perguntar uma coisa. Quando isso acontece, o melhor a se fazer é ter jogo de cintura e tentar resolver o assunto antes que ele se torne uma bola de problemas. Vou listar abaixo uma série de coisas que eu me sinto à vontade para fazer, mas que já vi algumas meninas terem problema com isso. Lá vai:

1- Posso convidar amigas para dormir em casa desde que eu avise e que eles conheçam a pessoa antes. Posso dormir fora aos finais de semana quando eu quiser. Vamos ter bom senso, seus pais brasileiros diriam o mesmo, né não?!

2- Não tenho curfew aos finais de semana. Pra quem não sabe, curfew é o horário que os hosts parents façam questão que você esteja em casa caso saia para a balada e afins. Durante a semana, eu devo estar em casa em um horário razoável para que possa descansar antes de trabalhar no outro dia, mas um horário certinho mesmo eu não tenho.

3- Posso pegar a comida que eu quiser da geladeira. Onde eu moro não tem miséria não! Inclusive, eu assalto a dispensa bonito em algumas noites.

4- Minha host não liga que eu use o celular durante o trabalho desde que isso não interfira nos cuidados que preciso ter com o bebê.

Bom, é isso Gabriella, eu sei que sua dúvida não foi respondida na exatidão que você pretendia, porém se atente para a lista acima. Como eu disse, já vi muita gente reclamando por não se sentir à vontade fazendo coisas do tipo na casa da host family.

E se você também tem uma dúvida, é só mandar no email beatrizbigarello@outlook.com colocando no título UMA PERGUNTA DE CADA VEZ, que terei o maior prazer em te ajudar!

Beijos e até a próxima edição do quadro #UMAPERGUNTADECADAVEZ

 

No comments

7 jan 2016

As estações nos EUA: Outono

Categoria: Au Pair is...

Por:

Olá pessoal, tudo bem?

Quero mostrar pra vocês todas as estações aqui nos EUA. Quando cheguei estava muuuito calor, cheguei no finalzinho de Julho e peguei um pouco do verão. Achava que só fazia calor de matar no Brasil, mas estava beeem enganada. Vim pra casa da família dia 30 de Julho e nesse dia fez tanto calor que parecia que eu ia derreter. Muuito calor. A diferença é que no Brasil temos um ventinho pra nos ajudar um pouco enquanto aqui não temos nada. Só calor. Até meus hosts falaram que no verão não temos nenhuma brisa.

Beeeem, vamos ao assunto do post. O outono aqui é muito lindo, gente! Lindíssimo! As cores das árvores mudam, as folhas caem, o pessoal fica bravo por ter de limpá-las quase sempre. Enfim, é uma estação linda. A pior temperatura que peguei durante o outono foi -3 graus celsius, mas isso foi só um dia. Os outros foram tranquilos (em New Jersey) e em Dezembro estava bem warm. Fui ao Rockefeller center  em NYC ver a árvore de Natal super famosa e não conseguia nem me mexer de tanta gente nas ruas. Tudo isso devido ao calor que não é normal para Dezembro.

Aqui estão algumas fotos do outono e do Rockefeller Center, em NYC.

 

IMG_2779

The Rockefeller Center

IMG_1248 IMG_1258  IMG_1249

IMG_2049 IMG_2048

 

Agora estamos no inverno por aqui, mas ainda não nevou em New Jersey :(

Quando nevar volto para contar como é..

 

Beijos!

1 comment

10 dez 2015

Quando me perdi…

Categoria: Atividades, Au Pair is..., Dicas, Medo, Viagens e Passeios

Por:

AUPAIRIS

Quando me perdi de mim, decidi encarar isso de frente e aceitar o fato de que perdas eventualmente culminam em encontros. Tracei um plano de sobrevivência que me faria enxergar o futuro com meus pés doloridos do agora e sem perceber, minha vida por si só, em um movimento apenas biológico que imita a cura de uma ferida física visível, foi curando pouco a pouco meus machucados internos que ninguém fazia ideia que estavam ali. Foi dolorido, mas libertador. É preciso se atirar no mar quando nossa alma cansada de lama, pede para se banhar em água viva. Já diziam os curandeiros que sal serve para espantar todos os males que carregamos nessa vida. No meu caso, me atirar não foi preciso. Eu simplesmente mergulhei de cabeça. Foi necessário e me curou. Cada um sabe o machucado que mais dói, e não preciso expor o que aconteceu naquela época que tirou minha liberdade de respirar o ar mais puro que meus pulmões aguentavam. Mas foi-se. E só quando me perdi, pude descobrir a outra vida que existia aqui fora. Fora da caixinha de achar que tudo tinha que ser como eu gostaria que fosse, fora das visões preconceituosas que todo ser humano carrega por sina, fora de todo o medo de tentar algo diferente e fracassar. E a vida de intercâmbio me trouxe a maior certeza que alguém poderia me dar: nada pode ser tão perda que não te dê a chance de se reencontrar de novo.

Por Beatriz Bigarello

Me segue nas redes sociais:

Facebook – Clique aqui.

Instagram – Clique aqui.

 

No comments

6 dez 2015

Como é o Natal nos Estados Unidos

Categoria: Au Pair is..., Cultura, Dicas

Por:

Oi Gente,

 

Pra quem não sabe o natal aqui é um pouco diferente, e resolvi citar essas diferenças para vocês.

Eles realmente levam natal a sério, principalmente as histórias do papai noel. As crianças crescem acreditando no papai noel até uns oito, dez anos de idade. Isso porque os pais sempre cultivam a história.

Todo anos eles montam as árvores, com seus ornamentos simbólicos. A maioria dos ornamentos se dá a uma data ou ocasião especial, como nascimento de um novo filho, idá a faculdade e etc.

Eles geralmente fazem uma grande ceia na noite do dia vinte e quatro, e depois colocam todas as crianças na cama. Depois disso eles colocam todos os presentes na árvore para a manhã seguinte. As crianças geralmente deixam um copo de leite e alguns biscoitos perto da lareira para quando o papai noel vier poder comer, e geralmente quem come são os pais haha.

Eles também sempre colocam suas stocking na lareira (são aquelas meias do papai noel que sempre vemos nos filme) e cada um tem a sua. E também ninguém pode comprar sua própria meia, você tem que ganhar de alguém. Eles geralmente mantêm as mesmas meias de quando eram crianças.

E não esquecendo da minha parte favorita o Elf on the shelf, explicando melhor é o elfo ajudante do papai noel que vem visitar as crianças todos os dias para saber como eles estão se comportando. E ao final de cada dia eles voltam ao polo norte para contar tudo para o papai noel, ou seja, as crianças se comportam sempre muito bem na frente desse bonequinho engraçado. A cada ano as crianças dão a ele um nome diferente e sem contar que elas não podem tocar nele, porque ele pode acabar perdendo toda sua magia e não encontrar o caminho de volta para o polo norte. E na verdade quem sempre está trocando o elfo de lugar são os pais, e ele sempre vai estar em lugares inusitados ou em situações engraçadas.

 

Eu também fiz um vídeo falando sobre isso então corre ver. https://www.youtube.com/watch?v=eFDM0iy7akk

2 comments

3 dez 2015

TAG: Bilingual

Categoria: Au Pair is..., Cultura

Por:

Hello Everybody,

Eu fiz um vídeo sobre a TAG Bilingue e ficou bem legal. Esse foi meu primeiro vídeo em inglês. Espero que gostem e entendam haha Beijoos

 

No comments