21 ago 2015

E a saudade de casa?

Categoria: Au Pair is...

Por:

Hey Meninas!

Eu aqui de novo e hoje resolvi contar um pouco da minha experiência em relação a saudade de casa e da família. Lógico que esse assunto depende muito de pessoa para pessoa, cada um tem sua percepção e sua ligação com a família, uns mais fortes que outros.

Mas vamos lá, quase 1 ano e 6 meses aqui nos Estados Unidos e a vontade de voltar para a casa aumentou demais! Obvio que aqui vivemos em um país de primeiro mundo, a diferença do nosso Brasil é enorme e quando começamos a comparar não dá mais vontade de voltar. Muitas meninas perguntam em relação a homesick e a saudade de casa nos primeiros meses, e vou contar um pouquinho como foi comigo e o que vocês devem procurar fazer aqui.

Homesick vocês terão se ficarem em casa o tempo todo e não se distraírem. No começo é difícil sair, até mesmo mobile casino porque vocês não terão muito amigos e não conhecerão muitos lugares, mas procurem a LCC de vocês e peçam uma lista das meninas que morem nas redondezas :) Minha primeira LCC não me ajudou com isso HAHA, mas a minha segunda foi um amor e me deu sem eu pedir, então como dica procurem a LCC e peçam logo de primeira! Façam muitas amizades, não apenas com brasileiras, mas com meninas de diferentes países, aqui fiz amizade para a vida toda! Não fiquem trancadas dentro do quarto! Foi assim que eu lidei com meus primeiros meses, mesmo com tanta saudadeee da minha mãe no Brasil!

Agora no final acho que é mais difícil lidar :/, mas a gente consegue! To forte e firme! Eu tenho exatamente mais 1 mês e 9 dias aqui, a saudade da minha mãe, do namorado, dos amigos cada vez está mais difícil de aguentar, tudo aqui já não é mais novo, estudos acabaram, a sensação do sonho realizado e das metas cumpridas chegaram, e eu quero voltar. Mas acho que sou uma das exceções, pois a maioria das minhas amigas e das meninas que eu conheço querem ficar. Para falar a verdade, ficaria aqui para sempre, mas com a minha vida e minha família do meu lado, se eles não estão aqui, tenho certeza que serei mais feliz voltando para o nosso país e um dia quem sabe de Deus quiser voltar para turistar :)

é isso ai meninas! Boa sorte! Beijao

 

Comments Closed

20 ago 2015

Summer e crianças em casa!!!

Categoria: Au Pair is...

Por:

Hey Girls!!!

Como vocês estão?? Dei uma sumida pois fiquei de férias e não consegui entrar para escrever posts, mas estou de volta 😀

Hoje vou falar um pouco como foi o verão com as crianças em casa e seus desafios de ter que inventar trezentas mil coisas com as crianças todos os dias.

Para quem não sabe, aqui nos Estados Unidos as aulas acabam no meio de junho e voltam apenas no primeiro dia de setembro :O . Sim, é verdade!! Eu sou bem honesta em dizer que eu acho muito, e não é nada fácil ficar com as crianças 9 horas por dia, por 2 meses e meio. Muitas famílias colocam as crianças em camping, o que vai ser bom se isso acontecer com você, pois seu schedule acabará não mudando muito.

Vou contar a minha experiência com as minhas duas famílias, pois esse é meu segundo summer aqui, e graças a Deus não terei um segundo inverno aqui :/ HAHAHA (não quero sentir o frio do ano passado e estou voltando para o Brasil agora em setembro depois de 1 ano e 6 meses na terra do tio sam), mas isso eu conto em um outro post.

Voltando ao assunto, meu primeiro verão foi bem complicado, pois estava cuidando de três crianças pequenas, e fiquei o tempo todo com elas, tive que fazer muitas atividades de pintar, colorir, brincar MUITO, sair para passear, eu não parei um segundo! Uma dica é sempre pesquisar no nosso querido GOOGLE atividades criativas. Uma coisa que ajuda muito é o calor, fazer coisas outside, passear bastante, levar para a piscina. Confesso que foi estressante, mas quando acaba e vê que você aguentou, você terá muito orgulho!

Meu segundo verão não está sendo tão cansativo, cuido de duas crianças maiores, pré adolescentes, brigam o tempo todo e tenho que negociar com eles quase tudo. Mas nossos dias se resumem em ir para a piscina e fazer esportes, e eu acabo sempre fazendo muito exercícios também né hahaha, mas faz parte e é ótimo porque não fico parada, o tempo passa mais rápido. Aqui a dica é sempre procurar novos lugares para passear com eles. No caso deles, atividades de pintar, desenhar não funcionam, eles tem muita energia, então o ideal é sempre sair de casa.

Com o tempo você vai perceber como são suas crianças e qual a forma mais fácil de deixa-los ocupados com coisas que eles gostem. :)

Volto para contar como estão meus preparativos de volta para o Brasil :) Estou ansiosaaa!

Beijao

Comments Closed

1 ago 2015

Carta para a Família!

Categoria: Au Pair is..., Dicas

Por:

Carta para a Familia

Oii Meninas,

“Your Host Family Letter”, sim isso ai… a carta para familia, vou postar aqui a minha carta para a familía. A carta nada mais é do que uma Introdução de você mesma para Familia, por isso, é bom caprichar bem nessa parte porque esse será o primeio  meio de contato que a familía terá com você. Na Experimento, a carta tem que ter no minimo 600 palavras, e a Agente também  entrega um Manualzinho de como preencher o App e lá tem uma base de como seguir sua carta, assim:

*obs. quis manter meu inglês horrível de quando escrevi isso para ver a diferença haha

  • Who you are (your family and friends)
  • What your hobbies and interests are
  • Discuss your childcare experience and the children you cared for. Explain why and how you enjoyed the experience and what you learned from it.
  • Tell them what you hope to gain from your experience on the program. What interests you about American families, children and culture?
 Eu encrementei um pouco mais a minha carta, contando algumas coisas detalhadamente, para poder causar uma boa impressão. Mas isso é de cada uma…Eu pensei em contar exatamente, aquilo que eu gostaria de saber, caso estivesse procurando uma Au Pair…. A minha carta ficou bem longa, devido á esses detalhes kkkk… Mas pra mim, eu acho que ela está Ótima!!!
Para poder ficar mais fácil, eu primeiro a escrevi em Português e depois passei pro Inglês, eu achei muito mais fácil, porque em algumas frases eu pude contar com a ajuda do Google Tradutor kkkk.. Eu também deixei bem claro na carta que não sei toda a gramática do inglês caso eles encontrassem algum erro. Ser o mais sincera possível na sua carta já é uma forma de ganhar a confiança da familía, porque nenhuma familía ira querer uma linda e bela carta, e olhar no Facebook de sua futura Au Pair, fotos que provem totalmente o contrário não é? Entãoo…
Olhem aii…
Dear FamilyMy name is Gleiciane, my friends call me Anne. I’m 19 years old and live with my parents. My mother Roseli 46 years old, she is my best friend and cooks very well . My father Jair 40 years old,  is mechanic, affectionate and is my example in life.
I have 8 brother and I’m the big sister of the second marriage of my mother and my brothers are Gracielle 17 years, Gabriela 15 years, Gleison 14 years old and Jair Junior 12 years old, at home  we always watch television together and dined together. We live in São Paulo Capital, my city is the largest and most populous city in Brazil. love living here because there are many malls , parks and major attractions .
When I was 13 years I learned to have responsibility so then I could help my mother in the household chores. I used to take of my two younger brothers Gleison and  Jair for my mother can go to work .
I have a big family, and they  live in Campo Limpo Paulista that is a small city .I love them all , and in celebrations of the end of the year the whole family gets together for we can celebrate Christmas and New Year together , my mother always does meals and sweets and  always are better every year . And I love being around everyone, because we can to laugh , kill the longing and tell good stories .
My friends are the best in the world, are few but are those who I can really trust and who support me and care about me. I like to go out with them to the movies, eating, going to the theater and sometimes we go to the park.
In my free time I enjoy reading. My favorite books are The fault is of the Stars and The Future of Human also like to hear songs like as Jorge Vercílio , Ana Carolina and Cassia Eller, who are great musicians of MPB . I love learning new things on the internet as English, Photographic and other things, I love to cook sweets , I think I pulled it from my mother, the best candy I cook are Passionfruit cake and pudding , I hope to one day have the opportunity to make this for you .
I have a dog named Akira and I found on the street, she was alone and hungry, and when I saw I could not leave it there and since then I  create as my daughter .
I love to drive, I am very responsible and careful and I have never been in a car accident. I recently I took  my driver license, but  always I try to drive the best and most careful way possible. I usually drive in my neighborhood, but I ‘ve never traveled to other cities . But I’m willing to improve everything I can.
I would describe myself to an open-minded, patient and outgoing person , my family and friends say that I’m very funny .  I am shy to make new friends I am careful and patient, I love children, because they are fun and sincere.
I started working 16 years at the same company where my sister Simone works , started as a receptionist and after six months I was promoted to auxiliar personnel department , after 5 months I was promoted to financial auxiliary where I working now. I love working there because the people are friendly and fun, so every day is always a different day. I do not like routine, I like to new things.
Last year I graduated from high school, and I want to graduated in psychology when I return from the United States. I’m not sure if this is really the area I want to work, so I hope to find my answers in this exchange.
I have a boyfriend his name is Victor, he’s companion, friend and was the first to learn of my decision to be an Au Pair in every moment his supports me and helps me in need.
My experiences with children have been voluntary in a NGO Dreaming Awake,  every year is the Christmas event which is the day especially for children from poorer cities, the mission of NGOs is that the child forget family problems and get the best day in your life, this is what I admire most in this institution . I took care of two children Andrey 10 years old and Gabriel 10 years old, I was all with them doing activities and taking the toys available in the event day.
I decided to be an au pair because I love children, live new experiences I hope this experience can help to improve my skills and English living , working and studying in USA would be great for my future career . I also would like to travel abroad and know more about the American way of life , about the American culture and share experience with you . I think That would be fascinating to get to know about other country and culture while working, studying and living there . I want to do my best work and I would take care of your children ‘s They Were my own children . I want to give them all my care and knowledge and I would do it lovely and carefully.
Now I’m excited waiting for your contact, so then you can make my dream come true . I want to meet different places and a different way of life in your family, Which will make part of my life and it will be unforgettable! Certainly we have a lot of good ideas and experiences to change.

Sorry for anny error in English.
Hope to hear from you soon!
Thank you!
Best regards ,
God bless you !

2 comments

27 jul 2015

Já sei foi um ano.

Categoria: Au Pair is...

Por:

Semana passada eu completei um ano nos Estados Unidos. E agora não sei por quanto tempo eu vou ficar. Estou saindo do programa de au pair para virar estudante. Agora toda vez que olho ao meu futuro não sei mais o que esperar. A um ano atrás, eu sabia exatamente o que me esperava desde o momento que entrei naquele avião. Para minha surpresa ao chegar aqui foi ainda melhor. Tive a melhor host family possível, dentro dos padrões. Amei e amo minhas crianças como se fossem meus irmãos. Tomei um rumo totalmente diferente do que eu planejei ter um dia. Eu planejava voltar pro brasil, construir uma vida a dois, ir para faculdade e etc. Hoje eu estou ficando, indo para faculdade, e quase que construindo uma nova vida aqui. Nunca esperei que fosse acontecer. Nunca achei que fosse acontecer. E mesmo agora já não consigo me imaginar voltando pro brasil, construindo uma vida. Achei o meu lugar, me achei aqui. Uma das coisas que mais me aterroriza é ter que voltar. Porque todo dia que acordo ainda tenho essa sensação de que estou vivendo um sonho e a qualquer hora posso acordar. Por muito mais de um momento, ao redor de um ano eu sinto que estou vivendo aquilo que chamo de uma perfeita vida. E ter que voltar me aterroriza. Por um ano estive feliz com a minha vida, com os meus amigos e até mesmo com o meu trabalho. E nunca achei que isso fosse possível. Por um ano dei de frente á frente com karma. E por todo esse tempo que tentei fazer o meu melhor pra todos, e fazendo com o mesmo carinho que eu queria que eles pudessem fazer por mim, hoje eu vejo em todas as oportunidades que obtive aqui. Foi um ano de felicidade, um sonho realizado, e uma vida que chamo de perfeita. Só espero que continue assim.

7 comments

23 jul 2015

As vantagens de ser under 21

Categoria: Au Pair is..., Dicas

Por:

Para unders 21.

Sempre gera aquela dúvida do devo ou não esperar pelos menos 21?! Dá para viver sendo under? Eu vou arrumar amiga? e blá blá blá

 

Antes de me tornar au pair, eu pesquisei muito sobre o programa, muito mesmo. Me preparei por um ano e meio até fazer a minha inscrição e já tinha tudo meio caminho andando. A coisa que mais me incomodava era essa dúvida de ir como under. Mas sempre quis fazer o intercâmbio pensando no meu inglês e no meu amadurecimento. Mesmo que isso me custasse não poder beber. Então eu vim! Vim e arrumei amigas, fui em festas, amadureci, bebi, curti e ainda estou curtindo. Ser under 21 não me impediu de nada, só mesmo de entrar nas baladas haha (mas sempre fui em festa na casa de amigos).  Mas nunca me incomodei.

E a maioria das minhas amigas que vierem são mais velhas, formadas, e etc. E uma das coisas que percebi aqui é que nós unders 21 ainda temos muito tempo. Pra fazer e aproveitar o que quisermos.  A maioria das meninas já estão formadas e sabem que aqui não existe chance de arrumar emprego na area. Nós unders podemos ainda tentar fazer um faculdade por aqui (caso você não seja formada como eu). Podemos ficar por dois anos (ou até mais) sem ter que se preocupar em ficar muito tempo fora do mercado de trabalho no brasil, ou porque tem que voltar por causa do carro ou etc. Nós ainda temos muito tempo. E aliás só começamos a fazer as nossas escolhas, acabamos de começar a nossa vida. Muito das meninas que conheço tiveram que largar a vida que elas já haviam construído no brasil para poder vir. Nós estamos começando a nossa agora. E eu acho isso uma puta vantagem. Por isso eu digo, venha under que é até melhor. Você vai ter muito mas tempo para fazer suas escolhas. Eu vejo isso com minha própria experiência e não receio nem um pouco tendo vindo under.

3 comments