12 jan 2010

Fazer hora extra

Categoria: Dinheiro

Por:

dlar-americano

Quando nos inscrevemos no programa somos orientadas de que não é permitido que a au pair trabalhe horas extras para a hostfamily ou para outra família.

E esta orientação é reforçada nos dias do treinamento. A justificava é que participamos de um programa regulamentado e por isso temos que seguir as regras, isso serve tanto para au pair como hostfamilies, além disso, a agência é responsável pela gente, o que quer que aconteça eles também serão responsabilizados

Acontece que na prática as coisas são um pouco diferentes. Algumas famílias preferem pedir para a própria au pair fazer hora extra num sábado a noite do que contratar uma estranha e caberá à você decidir de quer ou não.

Para meninas que trabalham a jornada completa de 45 horas semanais, na minha opinião, fazer hora extra é exigir demais de si mesma. O corpo e a mente precisam descansar, mudar de ambiente e fazer hora extra sempre vai deixar você exausta.

Já se você trabalha uma jornada reduzida e ainda tem tempo livre quando as crianças estão na escola, talvez valha a pena arrumar uma casa extra por algumas horas de 1 a 2 vezes por semana.

O valor da hora extra varia muito, pelo menos na minha época era de U$ 10,00 à U$ 25,00. Isso porque depende da sua experiência, de quantas crianças você vai cuidar, da classe social da família, se o trabalho é de fds ou overnight (dormir na casa), enfim são diversos fatores que definem quanto você irá ganhar.

Antes de tudo, converse sempre com a sua hostfamily, se eles disserem que não querem você fazendo hora extra para outras famílias, é direito deles e nem adianta discutir, afinal eles estão certos e é uma regra do programa. Não faça nada escondido da sua hostfamily, pois cedo ou tarde eles descobrem e além da decepção deles, você pode ter problemas com o programa.

Mas, pela minha experiência a maioria das famílias são flexíveis, pois sabem que esse extra ajuda bastante nosso orçamento. Eles apenas pedem que você tenha bom senso  e que isso não atrapalhe seu trabalho com eles.

Outra coisa, caso você faça hora extra, SEJA DISCRETA! Não saia falando aos quatro ventos, ninguém tem nada a ver com suas decisões pessoais. Imagina se algum “passarinho” vai contar para sua counselor,  onde você vai se esconder de vergonha?

É claro que as counselors não são bobas e sabem que au pair fazem hora extra, mas o segredo é fingir que não se faz enquanto elas fingem não saber…rsrsrs

3 comments

11 jan 2010

City Pass

Categoria: Dicas, Dinheiro, Viagens e Passeios

Por:

tkt_left

Aqui vai mais uma dica para economizar o seur rico dinheirinho =)

O City Pass é um único ingresso que dá direito à diversas atrações da cidade.

Existem vários tipos de city pass, geralmente eles oferecem de 4 a 6 atrações e o preço é sempre menor do que se você fosse pagar a entrada normal, a economia pode chegar à 50%.

Um exemplo é o city pass de NY que sai por U$ 79,00 e inclui:

  • Empire State Building Observatory
  • American Museum of Natural History & Rose Center
  •  Guggenheim Museum
  • The Museum of Modern Art
  •  The Metropolitan Museum of Art and The Cloisters
  • Circle Line Sightseeing Cruises OR Statue of Liberty & Ellis Island
  •  

    No site você encontra as diversas cidades e atrações que o city pass oferece.

    Ponto positivo: o city pass vale a pena principalmente para quem não tem ainda a student ID e portanto não tem os descontos nos museus.

    Ponto negativo: o city pass é válido por 9 dias, ou seja se prepare para uma maratona cultural.

    No comments

    10 jan 2010

    AVISO IMPORTANTE PRA AU PAIRS CHEGANDO AGORA

    Categoria: Dicas, Dinheiro

    Por:

    Bom meninas, semana passada fui viajar. Viajei pela DELTA. Desde dezembro surgiu uma lei que para pagar bagagem não é mais aceito dinheiro em cash. APENAS CARTAO de débito ou crédito. então para quem está vindo pros Estados Unidos e vai pegar aviao pra cidade da host family venha previnida com cartao internacional de credito e/ou débito para poder pagar a mala.
    Quando eu vim nao paguei do Brasil pra cá (9 meses atrás). MAs aqui qualquer vôo doméstico pela Delta você paga de 15 a 20 dolares MESMO QUE A SUA MALA NAO ULTRAPASSE O PESO DE 35 KILOS. Todo mundo paga mala, nao importa peso e quantidade.
    Como eu vim apenas com dinheiro pros Estados Unidos e nenhum cartao estou alertando futuras au pairs para ninguem passar por aperto quando estiver aqui.
    Eu não sei a respeito das outras companhias aereas, mas caso sua hostfamily tenha reservado seu vôo pela Delta fica a dica: só com cartão.

    1 comment

    10 jan 2010

    Como levar dinheiro para os EUA

    Categoria: Dicas, Dinheiro

    Por:

    Quando embarquei em 2005 eu levei mais ou menos US$400,00 em espécie e um cartão de débito internacional (que nunca usei). Como a quantidade não era tanta assim, não optei pelos travelers cheques. Mas hoje existe um recurso muito prático pra quem quer praticidade, o cartão VISA TRAVEL MONEY. Ele não custa nada, mas precisa de um depósito inicial de US$200,00. Você faz tudo pelo telefone e internet, é seguro, válido por 2 anos, pode ser recarregado em qualquer hora e lugar (até mesmo sua familia aqui no Brasil pode fazer depósitos para você) e o melhor é que o cartão tem bandeira VISA, o mais aceito pelos estabelecimentos por aí pelo mundo e é mais barato que cartão de crédito.

    3 comments

    3 jan 2010

    Hostels

    Categoria: Dinheiro, ferias, Viagens e Passeios

    Por:

    Hostel

    Para quem nao conhece, os hostels ou albergues da juventude sao basicamente locais de hospedagem com quartos (que podem ser mistos, so para mulheres ou so para homens) e banheiros coletivos. Existem hostels bem simples, onde so ha quartos, banheiros e recepcao, mas em alguns outros ha cozinha equipada, acesso a internet, sala de TV, sala de jogos e ate piscina. 

    Os hostels sao uma opcao boa e barata para quem quer viajar e nao quer gastar muito dinheiro com hospedagem. Vcs podem optar em ficar em um quarto sozinha ou so com suas amigas, tudo depende da disponibilidade dos quartos e claro, do seu dinheiro. Ficar em quarto privativo e mais caro do que dividir o quarto com estranhos. Dependendo do numero de pessoas que estiverem viajando (por exemplo, 2 pessoas), vale a pena ficar em hostels, pois no geral, as diarias variam de US$ 15 a US$ 60. Se estiverem em um numero maior de pessoas (por exemplo, 4 pessoas) as vezes compensa ficar em hotel…dividindo o preco de uma diaria, de por exemplo, US$ 100, fica US$ 25 para cada um,o mesmo preco da diaria de alguns hostels. 

    Eu fiquei em dois hostels em Manhattan. O primeiro que fiquei, foi o Dexter House (345 West 86th Street)…o local era mal conservado, tudo muito antigo e com aparencia de sujo…fiquei num quarto com mais 2 amigas…o quarto era bem pequeno, tinha 2 beliches, 1 pia e 1 armario…havia uma porta (que ficava aberta) que separava o quarto ao lado, onde ficava o banheiro…sim o banheiro ficava dentro do outro quarto! Pra gente usar, tinha que contar com a boa vontade dos nossos “vizinhos”…enfim, foi uma pessima experiencia! A unica coisa boa era a localizacao…ficava ha alguns blocos do Central Park e do metro.

    Ja o segundo hostel que fiquei, o 5th Avenue Spot (35 West 126th Street) nao tinha nem comparacao ao primeiro…ele tinha acabado de ser reformado…estava tudo novo e principamente, limpo! Dividi o quarto com 3 amigas e 2 alemas…o quarto era amplo, tinha 4 beliches e os banheiros ficavam no corredor, todos individuais. A unica coisa e que este hostel esta localizado no bairro do Harlem, que nao e um dos melhores bairros de Manhattan para se andar, principalmente a noite. Tirando isso, eu recomendo este hostel!

    Escolher um bom hostel nao e uma tarefa simples. Alem das boas e velhas indicacoes de amigos, e preciso prestar muita atencao na avaliacao dos hostels que as pessoas dao nos sites de busca especializados, como o Hostelworld.com, Hostels.com e o HIHostels.com e nao se iludir com as fotos disponibilizadas nos sites, pois elas podem enganar.

    Good luck in your search!

    No comments