13 mai 2015

Decisão

Categoria: Au Pair is..., Dicas, Medo

Por:

Oiii Meninas,

Hoje vou falar um pouquinho sobre a minha decisão de vir fazer intercâmbio, que foi suuuuper complicada! Cada caso é um caso, então esse post vai servir muito para as meninas que estão bem no emprego, estão na faculdade, tem uma vida legal, mas sonha em vir para cá.

Vou contar como foi o meu processo de decisão e os fatos que aconteceram na minha vida, e depois falo sobre a minha opinião. Claro que cada um segue aquilo que achar condizente com o seu momento, quero apenas ajudar e dividir um pouco com vocês :)

Vamos lá, esse sonho começou faz tempo, muito anos de eu começar a faculdade. Antes da faculdade não tinha muitas condições de vir, minha mãe não tinha como me ajudar, e se eu quisesse realmente realizar meu sonho eu precisaria custear absolutamente tudo. Então comecei minha faculdade, e arrumei um emprego! No meu segundo ano, meu amigo me indicou em uma Multinacional Americana, e eu mudei de emprego. Nessa empresa conheci uma super Amiga, que era ex-au pair e me contou sobre o programa, até então não tinha ideia do que era ser Au Pair haha! Au pair? Whaaat? E comecei a pesquisar muito, alias vi muitas coisas nesse blog na época, me ajudou muuuito! :)

Bom, com isso, minha vontade e ansiedade a cada dia eram maiores! Mas a minha primeira decisão foi que não iria parar a faculdade, e depois terminar. Minha primeira opinião aqui, meninas que realmente acham que o intercâmbio é prioridade, eu não vejo problemas em trancar a facu e depois voltar, porém na minha visão e me conhecendo muito bem, eu sabia que se eu online casino não terminasse a faculdade, talvez eu não teria animo para voltar! Então eu resolvi continuar até o final e vir para cá formada! Essa decisão não foi tão difícil para mim, até porque eu me dediquei bastante na faculdade e sabia que no final dos 4 anos eu poderia realizar o meu sonho.

O mais difícil vem agora, eu entrei no meu segundo ano nessa empresa que comentei, como assistente comercial, em 1 ano fui promovida para Consultora Jr, e 1 semana antes de pedir as contas fui promovida a Consultora Sr. :/ . Siiiiiim, foi muuuuito difícil! Eu gostava muito de onde trabalhava, gostava dos meus chefes, gostava de todos, eu estava feliz, mas ao mesmo tempo me faltava algo! Eu precisava realizar meu sonho, e via que aquela era a hora. Terminei minha faculdade em dezembro de 2013, e assim que peguei meu diploma eu pensei, agora preciso ir na agência e fechar meu intercâmbio! Não contei com a ajuda de ninguém, simplesmente fui, paguei com meu dinheiro e fechei o programa! Foi uma decisão difícil, sabia que estava deixando para trás uma carreira promissora, porém eu sei que excelentes coisas me aguardavam, não tenho medo do que virá pela frente. Depois que fechei o intercâmbio, esperei ter meu match para conversar com meu chefe, enfim cada um decide uma coisa, mas eu preferi ter certeza que conseguiria uma família. Tive meu match em 1 mês, e contei para ele na semana seguinte. Bom, foi muito difícil, meu chefe era como um pai pra mim, choreeeei muito, mas tentei explicar para ele que era meu sonho, e que seria bom para minha vida, e não só para o inglês. Na hora ele não entendeu, demorou um dia para a ficha cair, e no dia seguinte ele pediu para conversar comigo e pediu desculpas, disse que entendia minha posição, e que na minha idade ele fez o mesmo! Meu diretor me pediu para esperar dois anos, e ele conseguiria me expatriar, mas preferi não ficar, meu sonho estava ali na minha mão, e eu não ia largar tão facilmente. No final, acabei saindo de portas abertas, como uma despedida incrível da parte deles e com grandes amigos para a vida toda. Então moral da história, se realmente é o seu sonho: corra atrás!! E tome as decisões que serão as melhores para você :)

Boa sorte meninas! beijao

4 comments

  1. Sara! disse:

    Bom dia Sara! Me identifiquei muito com teu relato.
    Sou formada em Pedagogia e sou nomeada em dois concursos na cidade onde moro.
    A minha maior decisão é decidir entre largar tudo e viver esse sonho, ou permanecer junto à minha família com a estabilidade e conforto que o serviço público oferece.
    Gostaria de poder trocar umas ideias inbox contigo. Pode ser?
    Se você tiver algum email ou outra forma de nos comunicarmos, ficaria muito grata.
    Até mais!

  2. Salmah disse:

    Olá, Sara!
    Me identifiquei com vc e com o comentário acima do meu pq tbm sou funcionária pública, formada e estou a poucos passos de ficar on line.

    Gostaria de conversar um pouco mais com vc, a respeito de como foi deixar td e tal.
    É possível?

  3. alice disse:

    Oi… vc foi com a habilitação provisória? qual agencia?

Leave your Commnet!