4 mar 2011

Dirigindo na neve

Categoria: Au Pair is..., Dicas

Por:

Algumas dicas:

  • Acelere e desacelere devagar. Introduzir gasoline no motor aos poucos é o melhor método para ganhar tração nas rodas e evitar derrapagens.Não tente dirigir com pressa e desacelere e freie bem devagar para parar nos faróis. Lembre-se parar o carro numa rua com neve/gelo leva mais tempo, por isso fique atent.
  • Dirija devagar sempre. Numa rua coberta de neve, tudo demora mais, acelerar, parar, fazer manobras, virar.
  • Numa rua seca a distância recomendada entre um carro e outro é de 3 a 4 segundos, enquanto na neve essa distância deve ser aumentada para 8 a 10 segundos. Isso garante que você terá mais segurança e espaço para parar o carro.
  • Conheça o freio do carro. Independente se o carro tem freios antitravamento (abs) ou não, a melhor maneira de parar é aplicar uma pressão leve e constante no freio.
  • Se você puder evitar não pare o carro completamente. Existe uma grande diferença na inércia que precisa parar o carro versus com quanto é necessário para manter o carro andando. Se puder diminuir a velocidade até o farol abrir, faça isso.
  • Evite subir ruas muito ingrimes/altas. Aplicar mais gasolina no motor em ruas com neve, fará com que os pneus girem em falso. Você precisará de velocidade e força no início da subida e essa força que deverá levar o carro para cima e não você pisando no acelerador.
  • Não pare no meio da subida. Não há nada pior do que tentar colocar o carro em movimento numa rampa com neve (se fazer rampa em pista normal já é difícil para algumas mulheres, imagina com neve!).
  • Se você realmente não precisa sair, FIQUE EM CASA. Mesmo que você possa dirigir bem na neve, outros motoristas podem não ter a mesma prática. Não se arrisque desnecessariamente.

Texto adaptado do site: http://www.aaapublicaffairs.com/main/default.asp?categoryid=3&subcategoryid=55

Minha experiência

Quando comecei a dirigir na neve achei o máximo e por me considerar boa motorista, não tive medo de já pegar o carro e sair dirigindo, isso até eu bater o carro alguns meses depois….lol….

Detalhe o carro era zero, eles tinham acabado de comprar e eu ainda estava com uma das meninas e uma amiga dela no carro….Basicamente, eu estava devagar, mas não devagar o suficiente para uma rua com neve. A rua tinha duas curvas leves, uma para a direita e outra em seguida para a esquerda, eu (confesso!) estava meio distraída com a música e as meninas e quando vi o carro não respondeu quando virei a direção, estávamos indo direto para o jardim de uma casa, eu virei a direção no sentido oposto e acabei na contramão, quando vi, obviamente vinha um carro na nossa direção, virei de novo o volante, mas ainda assim o carro bateu na lateral do outro carro. Tudo isso aconteceu em segundos! Ou seja, péssimoooo! Essa é uma das experiências que você não irá querer em seu ano de au pair.

Por isso, todo cuidado é pouco e no fim minha host foi compreensiva e o seguro cobriu tudo, mas mesmo assim sabe o que ela me disse?: “Você não precisava ter ido buscar as meninas, podia ter mandado elas esperarem, ou ligado para a mãe de alguém ir buscar”. As vezes queremos ser prestativas demais, mas nessas horas o melhor seria eu ter ligado para minha host e dito: “preciso ir buscar as meninas, mas está nevando muito e estou receosa de pegar o carro”, ela iria resolver a situação de outra forma e ninguém precisaria se arriscar.

Em alguns estados a neve é tanta que é preciso amarrar correntes no pneus para garantir a tração do carro.

Conversem com a sua família sobre dirigir na neve, peçam que mostrem os recursos do carro (alguns tem botões que melhoram a tração) e se a coisa estiver feia lá fora, fique em casa.

No comments

Comentários não são permitidos no momento