7 set 2011

Meu primeiro post

Categoria: Au Pair is...

Por:

Meu nome é Gabi, tenho 21 anos e moro em Ribeirão Preto, São Paulo. Quando fui chamada para ser uma embaixadora Au Pair, achei muito legal e aceitei, mas agora que estou lendo os post das outras embaixadoras vi como isso pode ajudar e ser útil para as futuras e presentes Au Pairs. Espero muito que eu possa ser tão útil para vocês como o site me me ajudou no meu ano.

Vou falar um pouquinho de mim, sou uma pessoa muito tímida, filha mais velha de uma casa de 3 meninas, nunca tinha ficado sozinha nem viajado sem meus pais. Não sou do tipo baladeira doidinha, sou viciada em filmes e livros e amo ficar em casa.

Meu ano como Au Pair foi minha grande aventura, exigiu de mim uma coragem e confiança que eu nem sabia que tinha, em troca me deu a auto-confiança e independência que eu estava procurando.

Acho que foi o programa perfeito para mim. Foi um ano de conquistas e aventuras que eu vou levar comigo para sempre.

20 comments

  1. Patricia disse:

    Oi Gabi,

    Pretendo ir ano que vem, mas meu medo é não fazer amigos e tal..E as outras meninas que conheço que já foram são todas extrovertidas, daí fiquei com medo de não me adaptar direito.
    Porque também sou tímida e “Não sou do tipo baladeira doidinha, sou viciada em filmes e livros e amo ficar em casa” hahahaha

    Você foi com quantos anos?
    Foi díficil pra você se adaptar?

    Bjs, Pati

    • gabimarzola disse:

      Oi Pati, tudo bom?

      Eu fui ser Au Pair com 20 anos, e entendo totalmente suas preocupações!!
      Não é muito dificil fazer amizades, o fato de existirem sempre pessoas na mesma situação que você ( sozinha cuidando de crianças ) é surpreendentemente alta, o que é reconfortante.
      Você acaba ficando proxima das pessoas, porque tbm ngm consegue ficar sozinha. Então quanto a esse medo pode ficar tranquila, faça como eu, antes de ir, e depois que você fechar com a familia, vc receberá da sua consuler o nome, email, telefone e uns outros dados de todas as meninas que estiverem no seu cluster. Aproveite a informação e envie email para todas ( sem exceção ) explique quando vc está chegando, pegue numeros de celular e logo que voce chegar por lá nao hesite e ligue ou mande msg para todas!! Alguma concerteza vai ter responder e vai marca alguma coisa, esse já será um passo enorme para o seu ano correr bem!
      Nao vou falar que foi facil me adaptar mas nao foi impossivel, eu graças a Deus peguei uma familia que foi muito boa pra mim e me tornei realmente amiga deles. Mas o fato de se adaptar bem só depende de vc. Vc tem que ser forte e ir a luta, ai sim vc vai amar o seu ano por lá!

      Espero ter ajudado um pouquinho, qualquer outra pergunta é só mandar.

      Bjuss Gabi

  2. Juliana disse:

    Oi Gabi, meu nome é Juliana, e tambem moro em Ribeirao Preto/SP. Tenho 24 anos, e tambem estou me programando para ser Au Pair abril de 2013, antes que eu complete 26 anos…estou estudando Ingles no Senac para me ajudar. Tudo indica que fecharei o pacote com a Experimento. Gostaria de sua dica, no aspecto do idiomas, suas difuculdades, etc.
    Obrigada,
    Ju

    • gabimarzola disse:

      Oi Ju tudo bom?

      Q legal vc é daqui de RIbeirão!! EU tbm estudei um ano de inglês no Senac antes de ir e me foi muito util!! eu fechei o pacote com a Experimento pq pesquisando achei que era a agencia mais segura e confiavel para fechar, o pessoal da loja daqui é muitoo legall.
      A minha dica no aspecto do idioma é, escute muita musica, assista filme sem legenda ( mesmo sem entender nada ), vc vai acabar aprendendo varias palavras, e quanto mais amplo seu vocabulario melhor! Eu tinha um vocabulário super legal mas era mtooooo travada na hora de falar. Isso nao me foi problema por lá, em menos de uma semana eu já me comunicava super bem com o pessoal, e já estava me sentindo mais intima do idioma. Não é um bicho de sete cabeças é só questão de acostumar seu ouvido a soh escutar ingles! Minha dificuldade pior foi me adaptar ao menino q eu estava tomando conta, ele tinha 3 anos, a minha host nao trabalhava, foi mto dificil fazer ele se acostumar a ter a minha companhia todo dia! Mas a minha dica num caso como esse é, não perder o controle, vc ainda é mais velha q qualquer criança, vc tem q ser legal sim, mas eles não podem se tornar seus patroes!! O clima tbm foi uma mudança grande, mas eu sempre ameii o inverno entao não foi tao ruim, mas para quem nao gosta ficar em alguma cidade fria, pode se tornar meio depressivo!
      Agora são essas as dificuldades que eu me lembro melhor que eu passei.

      Se vc lembrar de mais alguma perg, é só me escrever, vou ficar feliz em te ajudar!!

      Bjuss

      • Juliana disse:

        Oie Gabi,

        Tudo bem?
        Obrigada pela breve resposta. Todas as informaçoes foram muito uteis, e que coinscidencia hein, moramos na mesma cidade (Ribeirão Preto), fazemos ingles na mesma escola (Senac), e farei tambem pela Experimento. Meu ingles nao é uma maravilha, mas estou estudando!!! Quando voce voltou dos EUA, voce se inseriu no mercado de trabalho facilmente, a viagem lhe trouxe beneficios na sua carreira como profissional?

        Bjs
        Ju

        • gabimarzola disse:

          Oi Ju tudo bom sim!

          Entao tbm achei mtaa coincidencia!! Olha nao vou mentir pra vc eu voltei faz uns 6 meses, retomei a faculdade em agosto, e estou trabalhando na firma de decoração dos meus pais, então usar o meu ingles eu nao estou usando nao, mas tbm acredito que se eu tivesse feito o meu ano depois de formada, poderia fazer um curriculo bem legal para o mercado de trabalho agora. Acho que vai ser mto bom pra vc profissionalmente. Aproveita bastante seu tempo lá para fazer cursos pq vai ser útil pra vc.

          Bjuss
          Gabi

  3. Beatriz Nunes disse:

    Oi meninas, o blog é perfeito, ele me ajudou muito na escolha da agência, fechei o meu intercâmbio com a Experimento de SP e estou amando, as consultoras me ajudaram em tudo!!!!!!!! indico SUPER a Experimento!!!!!

    Bjooosssss

  4. Luiza Barros disse:

    Gabi, bem vinda como embaixadora do blog! Muito legal!!!
    Fechei meu programa pela Experimento e eles são nota 10! Vai colocando as dicas, ajuda muito a gente! Bjsss,
    Luiza

    • gabimarzola disse:

      Oi Luiza, mto obrigada!!
      Eu acho que vc fez uma boa escolha fechando com a experimento eu tbm gostei mto deles!!
      Eu vou colocando td que eu puder falar que eu ache q va ajudar vcs!! Se tiver alguma idéia ou sugestão de post é só falar tbm!! Vou ficar feliz em fazer um!!

      Bjuss

  5. Andréia disse:

    Oi meninas, amo o blog de vcs acho o máximo…
    Eu sou do RS, tenho 25 anos e pretendo ser au pair em 2012, estou com meu app sendo revisado em POA, mas acho que está demorando demais pra eu entrar on line. Isso é normal pra vcs tbm demorou?? Bjs

    • gabimarzola disse:

      Oi Andréia, tudo bem?

      Fico feliz que você goste do blog, também achava ele muito util durante meu tempo como Au Pair. Quanto a revisao do app, o meu demoro bastante, se nao me engano demoro quase 2 meses pra ficar online. Mas pode ficar tranquila qua já já está online.

      Bjus

  6. Rozana disse:

    Oi Gabi!! td bem??
    To amando esse blog….e estou pensando muito em ser au pai, mas tenho alguns receios…sou formada e tenho 25 anos, meu medo é de qdo voltar para o Brasil,não achar emprego pra mim…de as empresas acharem q fiquei muito tempo fora do mercado de trabalho…
    vc voltou falando fluentemente??
    obrigada!!!
    bjus

    • gabimarzola disse:

      Oi Rozana tudo bem?

      Esse é um medo que a maioria das Au Pairs que vao formadas tem. Mas eu não acho que as empresas vão achar que você ficou fora do mercado de trabalho a toa!
      Voltar falando ingles fluente é uma coisa que varias empresas querem de seus funcionarios e o fato do seu ingles ter vindo de uma convivencia de um ano de States, mostra que você se daria bem em uma conversção tranquilamente.
      Tirando o fato dos cursos que você pode fazer durante o programa, aproveita seu tempo pra dar uma engordada no seu curriculo. Aposto que você não vai ter problemas em achar emprego quando voltar.

      Bjus

  7. Bruna disse:

    Gabi td bem?!
    Meu nome é Bruna, sou do interior de SP, e é a segunda vez que penso em ser Au Pair. A primeira vez faz uns 4 anos mas acabei desistindo por insegurança, ai acabei optando por fazer um curso de ingles de duraçao de um mes nos eua, pois era minha primeira viagem sozinha, um ano fora seria mta coisa pra mim. E tbm pq era insegura em relaçao a cuidar de crianças, praticamente nao tinha experiencia alguma, era algo que me preocupava.
    Hoje ainda me preocupa um pouco, pois cuidar do filho dos outros é mta responsabilidade, mas como ganhei um irmaozinho novo a 3 anos, hoje ja estou mais tranquila quanto a isso!
    Tenho 24 anos, me formei fazem dois anos, e acho que seria uma grande experiencia que pode me trazer mtas coisas boas pra minha vida e carreira, estou certa??
    Ja li bastante coisa aqui no site, mta informaçao boa, mas uma coisa eu nao vi ninguem perguntar, a Au Pair tem que cozinhar?? Pq eu nao sei fazer quase nadaa na cozinha, sempre tive alguem que fizesse as coisas pra mim.
    E outra coisa, a entrevista no consulado é em portugues ou ingles??
    Parabéns pelo site, tenho certeza que tem ajudado mtas meninas!!
    Bjoo

    • gabimarzola disse:

      Oi Bruna, tudo bem sim e vc?

      Eu entendo bem a insegurança, até hoje nao acredito que tive a coragem de ir…. hehehe!
      Cuidar do filho dos outros é mto responsabilidade mesmo, mas nao sei se é o costume ou a rotina, faz vc ficar mais a vontade no trabalho… E tbm vc tem q saber que mtas coisas estao no seu controle e mtas outras nao, se a criança sair correndo tropeçar e se machucar a culpa nao é sua, o que vc precisa é ter maturidade e calma para lidar com a situação.
      Acredito que para o seu curriculo seria bem interessante, o fato de poder estudar e incrementar o curriculo nao só com o ingles fluente tbm é um ponto mto bom a nosso favor.
      Seria bom vc ter nocoes basicas na cozinha, nunca se sabe se vc estará sozinha em casa na hora do almoço com sua kid. Mas a comida nos states é mto facil de fazer, uma amiga que conheci tbm nao tinha noção nenhuma, mas nada do q um google e um pouquinho de coragem vc nao da conta.
      Quanto a entrevista a maior parte dos processos é em portugues, a não ser na hora real da entrevista, que ai é em ingles, mas é mto tranquilo eles normalmente perguntam a respeito da familia, só para sentir se vc sabe pra onde esta indo.
      Qualquer outra dúvida estou a disposição.

      Bjus

  8. Alessandra Gomes disse:

    Olá meu nome é Alessandra tenho 25 anos e faço 26 em Março…minha duvida é sobre questão da idade será possivel que eu consiga ir ainda?

  9. adriana martinez disse:

    olá gabi, meu nome é adriana e gostaria de poder conversar melhor com você a respeito da sua experiência como au pair. teria como você responder no meu email pra que eu possa dar meu telefone , porque eu tenho muiiitas dúvidas mesmo, sou de bauru-sp.. qualquer coisa me mande um e-mail com o seu telefone, caso não possa fazer interurbano que eu ligo o mais breve possível (adricmar@yahoo.com.br).. Obrigado!!

  10. Isabella disse:

    Olá meninas,
    eu quero muuuito ir de au pair para os estados unidos, já tenho uma irmã que está em Denver como au pair também, mas tenho um probleminha… minha família acha que não sou madura o suficiente pra ficar um ano fora do país.. e outra.. eles acham que eu tenho paciência o suficiente para cuidar de crianças.. minha mãe diz que vou afogá-las no primeiro dia… haha!! MAS ENTÃO.. como posso fazer pra convencer meus pais que me sinto apta pra fazer uma viagem dessas?? meu mair medo é não fazer amizades lá, sentir muita falta da família (somos muito apegados), enfim… medos que toda au pair com certeza já sentiu! queria algumas dicas…

Leave your Commnet!