4 abr 2010

Passa tão rápido que você nem vê…. 1n7r

Categoria: Saúde e Bem-estar

Por:

Este Post vai para as meninas que acabaram de chegar. Aquelas que estão no desespero dos 3 primeiros meses de adaptação. Na dúvida do dia-a-dia, do ficar ou não ficar. A indecisão de querer voltar para o Brasil durante a semana de trabalho e nunca deixar USA quando chega fim de semana.
Se você está nesta situação ouça bem: O seu ano de aupair passará em um piscar de olhos.
Durante minha viajem de férias para Nova York dividi um apartamento com duas meninas que estão aqui ha 4 meses. Ainda naquela faze de dúvida. Ouvindo a aflição delas lembrei da minha quando ainda só fazia 4 meses que eu estava aqui.
Os 3 – 4 primeiros meses são os mais difíceis. É quando você ainda está se acostumando. Quando a homesick ainda é frequente e os pensamentos mudam a cada dia em sua cabeça. O que tenhpo a dizer é que vocês não deixem de aproveitar cada segundinho de tempo aqui ficando triste. Porque, embora não pareça, quando se chega no 5 – 6 mês de Au Pair tudo muda. Você estará mais acostumada. A homesick nao vai aparecer sempre e você começa a perceber as milhares de partes boas de estar nos EUA. É aí que o tempo voa, corre, escorrega pelas mãos.
As viajens, as coisas que você compra aqui, as amizades, as inimizades, suas crianças, a paisagem, o inverno e o verão…tudo tudooooo vai passar passar muito rápido e quando você perceber é hora de ir pra casa.
Respire, feche os olhos e viva cada momento da aventura de au pair. Porque embora não pareça tudo vai terminar em um piscar de olhos. Tenha lembranças boas e não lenbranças de arrependimento e saudade. Chorar é permitido e sofrer também, mas só um pouquinho. Seja Feliz!

1 comment

  1. Ariane disse:

    Oiii meninas, amei o post!! Isso é pura vdd… ainda não sou AP, sou futura, mas msm no Brasil as coisas passam rápido demais… o tempo voa, é preciso aproveita-lo!
    Gostaria de saber um pouquinho do que mudou na vida de vcs depois da volta ao Brasil… tipo, se o inglês fluente, a vivência no exterior, etc, se essas coisas ajudaram para conseguir emprego e tal… tbm queria saber se possível, como foi o choque cultural da volta… são detalhes que eu acho importante saber.

    Grande bjo!!!

Leave your Commnet!