15 nov 2009

Porque resolvi ser Au Pair

Categoria: Au Pair is..., Dicas, Medo

Por:

Eu sempre sonhei em morar num outro país, mas isso só foi possivel quando terminei minha faculdade. Dentre tantos programas de intercâmbio que existem, de trabalho e estudo, o que tem o melhor custo/beneficio é o de Au Pair. Aí vai uma listinha das coisas que me motivaram a fazer a viagem:


1. Financeiro – Em 2005, quando fiz a inscrição no programa, eu gastei mais ou menos US$1000,00 com TUDO – inscrição, taxas da agência, visto, seguro saúde e ainda recebi de volta US$400,00 quando completei meu 1o ano. Ou seja, no final gastei US$600,00 o que não pagaria nem a passagem pra lá.


2. Indicação – Algumas amigas já tinham participado do programa e tudo foi um sucesso. Minhas duas irmãs tambem foram Au Pairs e recomendaram.

3. Desprendimento – Nada me segurava no Brasil. Já tinha acabado a faculdade, sem namorado, nem marido, nem filhos e ficar longe da família nunca foi um problema pra mim. Além de que estava num emprego temporário.

4. Requisitos obrigatórios– Eu tinha 22 anos e já tinha carteira de motorista, experiencia com criança e o meu inglês era bom o suficiente para ser aceita.

5. Inglês – Era o único idioma que eu falava alem do portugues. Portanto só daria pra morar num país que o falasse e eu gosto muito dele.

6. Espírito aventureiro.

7. Propaganda – Hollywood conseguiu me vender a ideia de que Estados Unidos é um excelente destino.

8. Tive todo o apoio necessário.

Só faltava achar a familia e arrumar as malas.

Se voce se identificou com algum daqueles tópicos, está pronta pra embarcar!


2 comments

  1. Alessandra disse:

    Oi Bárbara
    Me identifiquei muito com quase tds os topics que vc listou:
    1. Financeiro – Ano passado, estava passando por problemas de relacionamento com meu chefe (sérios) e não aguentava mais ficar lá, mas nao queria sair e me arriscar no mercado brasileiro em meio à crise que o país estava tentando se rcuperar, ficar em casa, sem emprego, não é pra mim!!! Resolvi me inscrever no programa (coisa que sempre quis fazer, mas nunca tinha conseguido: falta de grana, desemprego, emprego muito bom, namorado, etc) e foi ótimo!!! Paguei a 1ª taxa que pediram, assim, seria uma forma em que eu não desistiria. Isso foi em setembro do ano passado. Em outubro, arranjei um trabalho numa grande empresa (Leroy Merlin), o melhor, na minha área e temporário por 3 meses: PERFECT!!! Daria tempo de arrumar minhas coisas, me organizar e tudo mais. Mas, como a vida sempre nos surpreende, com 2 semanas de emprego, minha chefe (juntamente com a diretoria da empresa), me pediu pra ficar por mais 3 meses, queriam saber se não tinha problema, já que sabiam da minha viagem…e eu, aceitei!!! Então, dia 14/05/10 é meu último dia aqui. Mas, como a vida sempre nos surpreende (again), minha chefe perguntou se eu nao queria ser efetivada após o término do temporário…aí, não tive escolha: Escolhi o AU PAIR!!! Motivo maior: Tenho 25 anos, vou fazer 26, é minha última chance de fazer esse programa que sempre foi um sonho pra mim, já que amo crianças, sempre trabalhei muito e viver fora do país, nossa, wonderfull!!!

    2. Indicação – Tenho uma prima que fez o programa por 2 anos e casou lá. Ela odiou ter que rabalhar com as kids, mas, como disse, conheceu o homem da vida dela!!! Eu não estou indo por isso, não mesmo!!! Ela não é referencia pra mim! Mas a internet é boa fonte de pesquisas, e acredito no MEU potencial…

    3. Desprendimento – Nada me segura no Brasil. Já acabadei a faculdade, faz tempo, rs. E, em maio, termino minha pós gradiação. Td perfeito! Apesar que vou sentir muita falta de casa, meu pai, mãe e irmã.

    4. Requisitos obrigatórios- Estou dentro da idade (ufa!). Tenho carteira de motorista (há muito tempo), já fui babá-motorista, e com carro automático!!! Experiencia com criança e o meu inglês é muito bom, mas não é fluente! E acho que vou apanhar um bocado lá.

    5. Inglês – Falo o espanhol além do inglês, e quero falar francês, pra fazer o programa na França depois. Como a leroy é uma empresa francesa e minha chefe quer que eu venha trabalhar aqui quando voltar, por pelo menos 6 meses (again, rs). Minha chance: estudar frances num curso particular (e pago pela Leroy, uhuuuuu) e ir fazer o programa na França, conhecer a Europa!! Gente, que chique!!!!!

    6. Espírito aventureiro.

    7. Propaganda – Hollywood conseguiu me vender a ideia de que Estados Unidos é um excelente destino.

    8. O apoio é complicado, td mundo quer que eu vá (pela experi~encia), mas ninguém quer ficar sem a minha cia. Se pudesse, levava minhas amigas na mala.rs

    Estou nervosa, ansiosa, mas focando minhas forças!!!

    Bjs a todas!

    Quem for embarcar nessa época, pode me mandar e-mail…

  2. Jaque disse:

    caracaaa se eu foste fazer um post com o titulo do seu o meu recado não seria nem um pouco diferente…
    as palavras iguaisss

Leave your Commnet!