23 mar 2015

Snowboarding.

Categoria: Dicas, Viagens e Passeios

Por:

Winter finalmente is over *-* It’s Spring time!!

Agora só mais algumas semanas para o clima começar a esquentar de novo.

E como não podia deixar de aproveitar o inverno, resolvi no último dia ir fazer snowboarding.  Na verdade meu date que me levou até lá! E vou contar uma coisa, a experiência é demais. Amei o esporte e com certeza vou voltar pro próximo winter.

Estávamos em cinco, e o Keegan (amigo do Alex) pratica o esporte há mais de dez anos, porque ele mora pertinho da montanha onde estávamos, que é Mountain Creek em New Jersey. De primeira ficamos treinando na parte para iniciantes, onde a montanha é bem pequena e só tem crianças. E depois de tentar uma vez o Keegan disse para irmos para o topo da montanha. Achei que ele realmente estivesse brincando, porque nem tinha conseguido sequer descer aquela montanhazinha de crianças sem cair, quem dirá a grande, mas mesmo assim lá fomos nós. O topo da montanha é maravilhoso, você consegue ver toda a cidade, coisa mais linda <3 O problema mesmo foi descer aquilo tudo haha Cai milhares de vezes, até a aprender a controlar o balanço o virar o snowboard. Confesso que no começo estava morrendo de medo de quebrar uma perna, braço ou algo do tipo. Até que vi um garotinho que parecia ter uns sete anos descendo a montanha em uma super velocidade como se fosse profissional. Incrível. Pareceu tão fácil. E tentei fazer que nem o menino, levei um tombaço mais não doeu, e também só tinha neve, nada que fosse me machucar, e tentei de novo, e cai de novo até que perdi o medo e toda vez que queria parar aquela coisa só me jogava para trás e levanta de novo. Cheguei ao final da montanha, suando naquele frio, e com a bunda molhada. Então subimos de novo até o topo e descemos de novo. Sério foi demais. Fizemos três vezes, e no fim estava acabada. Nunca fui muito fã de esportes. Mais por Snowboard me apaixonei *-* Foi uma experiência incrível e quem tiver a chance não deixe de ir, de cair, se machucar e se diverti. Aliás, dois dias depois, continuo dolorida sem quase poder mexer os braços, mais nada que não faria de novo.

 

No comments

Leave your Commnet!