18 nov 2015

Para Au Pairs, cidadãs do mundo e a quem mais possa interessar

Categoria: Au Pair is..., Dicas, Medo

Por:

Querida você,

Eu sei que seus sonhos te dão medo. Mas você não era tão medrosa assim quando tinha cinco anos e lutou com a coleguinha do jardim de infância porque queria brincar de esconde-esconde e ela de casinha. Eu sei que tudo parecia tão mais fácil antes do que agora, porque você não tinha responsabilidades e nem escolhas a fazer. Aí é que você se engana. Seus pais acharam um máximo quando você disse o nome deles pela primeira vez aos dezoito meses, sendo que a maioria das outras crianças aprendeu um pouquinho mais tarde. Foi você. Quem teve a coragem, mesmo que inconsciente, de fazer diferente quando poderia ter sido igual aos outros.

Não estou dizendo que ser igual todo mundo seja ruim, mas sabe, teria sido um grande desperdício de espontaneidade guardar suas primeiras impressões da vida porque nem todo mundo estava pronto, mas você estava. É sobre isso que estou falando. Por mais que todas as outras pessoas te digam sobre o melhor caminho a ser seguido, é dentro do seu silêncio que a verdadeira resposta grita e deve ser exatamente por esse motivo que te abala tanto. O barulho incomoda, mas não tira o sono. O silêncio sim. E você será eternamente condenada pela sua mente que ecoará aquele “e se” capaz de destruir qualquer outro projeto futuro.

Se tiver que ir, vá. Se tiver que ficar, fique. Mas em paz. Foi a partir de uma decisão que sua história começou e a partir de outra que ela termina. Permitir que o medo do novo tire o gostinho do sucesso da boca não é corajoso, mas o que eu realmente quero dizer é: se ainda preferir não sentir esse gosto, tudo bem. Foi a sua escolha, e não ousou ser menos doce por isso. Tudo bem. Eu te entendo. Não existem escolhas perfeitas, mas certas. Para o momento, a vida, o namoro, o emprego e até mesmo para quem você quer se tornar. Foi por isso que chegou até aqui, então seja qual for a decisão que tomar, tenha coragem. Porque se eu pudesse te dar apenas uma coisa no mundo todo, seria isso: coragem.

Ass. De alguém que tenta ter coragem, mas que ainda assim, falha. Podemos tentar juntos, porque não?

Por Beatriz Bigarello

se eu pudesse te dar apenas uma coisa no mundo todo, seria isso- coragem

 

Facebook: Beatriz Bigarello

Instagram: Beatriz Bigarello

Snap: biabigarello

No comments

14 abr 2015

Como tudo começou. 2

Categoria: Au Pair is..., Dicas

Por:

Bom, como eu disse consegui entregar  tudo no fim de dezembro. Mas aí veio natal, ano novo… e enfim em janeiro fiquei online pras familias. E começou a agoniante espera :( infelizmente  eu tinha muitos fatores que me desfavoreciam pras famílias, a idade (fiquei on com 19), o fato da cnh ser recente (na Apia vc so fica como frequent driver se tiver mais de 6 meses de carteira), e não ser infant qualified.

Esperei, esperei, esperei. Já tava supeeeer desanimada quando com QUATRO meses online apareceu a primeira familia, que eu adorei (vou fazer um post futuro falando sobre as famílias  que conversei ), mas não rolou match.  Duas semanas depois apareceu outra, e uma semana  depois apareceu a minha, que eu finalmente  tive o match, com CINCO meses on.

Maaaaas, a demora valeu a pena porque estou tendo um ano ótimo. Obviamente tem seus altos e baixos mas não PODERIA pedir por um schedule melhor.

Bom  meninas, por hoje é isso. Essa foi minha saga pra me tornar uma au pair, desde ir atrás dos docs até ficar on.

No próximo venho contar pra vcs como foram os Skypes com as famílias e o que contou mais pra mim na hora de ter um match.

Beijoooos.

6 comments

18 abr 2010

Picnics

Categoria: Atividades

Por:

Uma ótima maneira de aproveitar as tardes de primavera é fazer um picnic em algum parque bem gostoso.Na minha opinião, a primavera é a melhor estação do ano. O tempo começa a esquentar, porém não fica muito quente. Além, é claro, das flores que começam a brotar de qualquer lugar e das árvores que começam a ficar verdinhas e tornam a paisagem linda.

picnic2Costumava fazer bastante picnics com as kids e de vez em quando combinava com outras au pairs que moravam por perto e acabávamos fazendo um big play date (pras kids e pra gente também).

É muito bom poder sair de casa e pegar um solzinho depois dos longos meses de inverno, e um picnic numa tarde ensolarada é uma ótima maneira de passar um tempo outside.

Quando íamos em várias au pairs, cada uma levava alguns snacks e bebidas, práticos de preparar e de comer,  uma toalha ou manta e tudo era dividido por todos.

É bom também porque as kids conhecem e tem a oportunidade de brincar com outras que não têm contato sempre.

Au Pairs

Au Pairs.

Pras au pairs é um ótimo tempinho pra conversar, trocar experiências, colocar as fofocas em dia, além de estreitar as amizades!

Aproveite que o tempo está começando a esquentar e tire as crianças de casa. Só não se descuide e fique de olho nelas o tempo todo, principalmente quando for a algum lugar onde haja bastante gente.

2 comments