3 ago 2012

Hello future Host Family

Categoria: Dicas

Por:

42-15535403

Um outra etapa beeeeem importante do Application, é composta pela carta que a futura Au Pair precisa escrever para a host family e o um vídeo de apresentação.

Quando li no formulario achei tudo de bom. Problema é começar a fazer (pra variar, né?).

Comecei a cartinha e logo percebi que não é tarefa fácil escrever sobre sua vida em inglês, principalmente depois de anos sem prática.

E nada de contar só com o Google tradutor… é uma boa ferramenta, mas deixa bastante a desejar. Ele é ótimo para palavras, mas não para frases inteiras. Por isso, mesmo com o help, é fundamental saber pelo menos o básico de inglês para corrigir todos os errinhos (quase o texto todo).

Falei um pouco sobre minha família, o local onde moro, minha formação e minha experiência profissional. Encarei o texto como uma entrevista, mas tentei deixar um ‘tom’ de conversa no texto, para tentar me apresentar aos ‘pais’.

Até que minha carta ficou legal (eu acho). Depois de umas dicas da minha orientadora, caprichei mais na parte da experiência com as crianças e pronto!

Agora o vídeo…Gente, como foi difícil!

Eu fiz umas 500 mil tentativas. E olha que nem é um chute tão alto.

O texto vem rápido na cabeça. Aí vc faz uma tradução para o inglês, faz um teste e ok. Mas quando a câmera começa a gravar, é um tal de erra daqui, come palavra dali…tentei gravar na sala, na sacada, dentro do carro (!)…quando percebi, já não aguentava mais refazer tudo.

Até que um dia desencanei geral e pensei ‘É agora ou nunca’. Acertei na primeira tentativa. Está certo que não ficou aquela maravilha (o cabelo ficou péssimo! AhUHAu), mas consegui me apresentar e falar com clareza.

Depois que tudo passa, você percebe o quanto essas etapas são importantes. Uma das primeiras coisas que a host mom disse ao telefone foi sobre minha carta. Fiquei super feliz que eles gostaram!

No comments

15 jul 2012

Eventos gratuitos de verão

Categoria: Au Pair is...

Por:

Free Ticket

Ah, o verão!

Essa dica vai para quem já está aqui nos EUA, mas também para quem está a caminho.

O verão aqui é um período de muitas crianças (todas de férias), sol, calor, clubes lotados, mas também é época de muitos eventos gratuitos.

Vale muito a pena conferir a agenda cultural da cidade onde você mora e ficar ligada nos eventos.

Aqui em New York City, por exemplo, tem shows para todos os gostos no Central Park, apresentações da Broadway no Bryant Park, museus com entrada gratuita…

As atrações infantis podem ser uma ótima pedida para levar e entreter as kids nesse período.

Tem muito mais no link: http://www.nycgo.com/

Bom…não esqueça o protetor solar, tome muita água e boa diversão!

No comments

14 out 2011

Procedimentos de segurança em aeroportos e rodoviárias

Categoria: Dicas, Viagens e Passeios

Por:

Recentemente estive nos EUA de férias, e fiquei aproximadamente um mês viajando. Durante esse tempo, estive em NYC, Connecticut, Boston, Orlando e Miami. Andei de metrô, taxi, ônibus, avião… e tudo carregando as malas.

Após os atentados de 11 de setembro, a segurança no país foi super reforçada. Enquanto eu estava lá, houve um atentado em  Madri, o que serviu pra reforçar ainda mais a segurança. Nos aeroportos passaram então a proibir qualquer líquido na bagagem de mão. Depois de um tempinho liberaram os líquidos a pequenas quantidades. E essa regra de segurança ainda é válida. O que se permite são embalagens de até 100ml. E sim, eles são rigorosos. No trajeto entre Boston e Orlando, tinha deixado uma embalagem de xampu com aproximadamente 200ml na bagagem de mão. Eu sabia da exigência, porém não acreditei que uma simples embalagem de xampu, das médias, traria problemas.

Na verdade, o procedimento de segurança começa quando entramos no portão de embarque. Temos que tirar sapatos, blusas de frio, cintos, relógios, notebooks das malas… bem, preparem-se para isso quando forem pegar um avião nos EUA. Também há um raio X no qual as pessoas têm que passar, levantando os braços em uma determinada posição durante alguns segundos. Quando minha mala passou pelo outro raio X, um agente percebeu alguma coisa. Pediram então que abrisse a mala, e uma agente começou a fuçar nela, procurando o que o raio X tinha acusado. A mala estava “meio” bagunçada, já que após alguns dias de compra estavam sobrando coisas e faltando espaço nas malas. Ela começou a mexer mas não encontrava. E isso ela não me deixava nem relar na mala, pedindo que eu me afastasse. Enfim ela achou o inofensivo xampu de kids (levei esse pq a embalagem era menor). Como já havia despachado as outras malas, acabei jogando o xampuzinho fora. Na hora de fechar a mala foi meio difícil, e ela não quis minha ajuda novamente. Enfim conseguiu fechar  e eu pude seguir viagem.

Depois, de Orlando a Miami peguei um ônibus na rodoviária. Lá, novamente, minha bagagem foi aberta. Mas dessa vez nem o policial quis revistar. Estava muito bagunçada. Então na verdade ele só abriu e fechou, sem mesmo mexer em nada. Voltei ao Brasil de Miami, parando e Manaus. E sim, fui parada pela alfândega. Na verdade, até mesmo no voo entre Guarulhos e Nova Iorque eu fui “convidada” a me sentar e retirar meu tênis para que um agente de segurança do aeroporto revistasse-o, já dentro do túnel de entrada para o avião. Não sei se eu que não tive muita sorte, mas fui pega por todos esses procedimentos de segurança e é sempre um saco.

Na verdade isso tudo é pra apenas dar uma dica: evitem os líquidos nas bagagens de mão, a não ser que sejam em embalagens realmente pequenas (isso pode evitar situações desagradáveis) e também usem roupas e sapatos que possam ser removidos facilmente, já que nos aeroportos nos EUA você terá que passar por esses procedimentos e é sempre bom evitar dor de cabeça.

Tirando tudo isso, é só fazer as malas e boa viagem!!

1 comment

9 out 2011

Falando em gastar $$

Categoria: Au Pair is..., Cultura, Dicas, Dinheiro

Por:

Estamos falando de Estados Unidos, o país mais consumista que já conheci. E não adianta brigar, vc vai entrar na dança tb, mesmo sendo uma au pair moneyless… hahaha

Quando cheguei na casa dos meus hosts, meu closet ainda não estava completo:

1355882-R1-009-3

Faltavam prateleiras, porta e cia… Fomos à uma loja chamada Container Store e foi como se eu estivesse entrado na loja que sempre sonhei e não sabia que existia. Eu gosto de tranqueiras tipo cestinhas, potinhos, cabides, detalhes daqui e dali e essa é a loja! Dê uma passadinha por lá se vc é uma das minhas.

No comments

9 out 2011

RIP Steve Jobs

Categoria: Dicas, Dinheiro

Por:

Picture 4

Ahh meninas, eu preciso confessar que fiquei triste com a morte dele. Eu sou uma das pessoas que aderiu ao Mac e não troco pro nada! Eu recomendo! Para aquelas que andaram lendo RIP por aí e ainda não sabe o que quer dizer… it means Rest In Peace.

Há um tempo eu falei sobre compras de notebooks e hj gostaria de compartilhar com vocês como comprar um Mac com desconto. Se vc for estudante e comprovar com uma Student ID (identidade das universidades de lá) vc leva o tal desconto. As promoções podem variar. Na época q comprei o meu, além dos 10% off no MacBook, levei uma impressora e um ipod touch in rebate (paga na hora, mas eles devolvem o $$ depois de 3 meses).

Só que  vc é Au Pair, não estudante… mas tem q cumprir créditos em alguma universidade como parte do intercâmbio! Sendo assim, no dia que vc se matricular pergunte sobre sua ID. Faça a sua e apareca em alguma Apple Store e aproveite!

Pra terminar, deixo vcs com uma das quotes de Jobs e tb o quê me fez entrar pra turminha da maçã:

“Design is not just what it looks like and feels like. Design is how it works.”

No comments