25 abr 2015

Sobre minha Entrevista, Itep e o teste Psicológico.

Categoria: Au Pair is...

Por:

Quando você vai na agência entregar os documentos e o Application, você tem que passar pela entrevista em inglês, fazer o ITEP e o teste psicológico. Então vim contar como foi um pouco cada coisa. Acalmem-se não é nenhum bicho de sete cabeças haha

ENTREVISTA
Começa pela entrevista, que é somente em INGLÊS e muito tranquila, pelo que entendi, minha agente me fez umas perguntas para colocar no app (vi ela preenchendo lá na hora) , nas perguntas que não entendi ou nas palavras que acabava perdendo ela repetia e algumas vezes me falava até em português soo esay. As perguntas são coisas do tipo:

  •  O que você faz quando está livre.
  • Conte me sobre sua família
  • Porque quer ser Au Pair
  • Como acha que vai ser viver sem seus pais, irmãos e etc.
  • Como achar que é dirigir lá
Coloquei só algumas perguntas que eu lembrei.
ITEP
  Quando ao ITEP, ela te explica como vai ser o exame, o exame é feito pelo computador. São só listening e speaking, sendo oito perguntas de áudios bem rápidos, cinco perguntas de um áudio de 5 minutos, e mais cinco perguntas de um áudio de 3 minutos e meio e se não me engano você tem um tempo certo para responder todas elas, acho que os dos áudios mais longos são 3 minutos para as 5 perguntas.. Depois disso você responde as duas perguntas do listening, o teste não demora mais que 25 minutos.

Geeeente sério, o teste do Itep não é tão difícil assim como falam por ai, achei o maldito teste de michigan muitoooooooo mais difícil, porque cai muito mais gramática e tals, e como a minha agente falou: “Eles não querem saber se você fala bem, se sabe gramática ou algo do tipo, o foco do teste é saber se você entende eles e sabe se comunicar”.  Os áudios são muitos fáceis, só tem que prestar muitaaaaa atenção, e é sempre bom praticar o listening com musicas, séries legendadas e esses tipos de coisas. E no final de tudo, tive que assinar um termo concordando em não divulgar nenhum conteúdo sobre as questões do teste para as meninas, ou coisa to tipo.

TESTE PSICOLÓGICO
O teste psicológico é super fácil também, são 120 perguntas se eu não me engano, mais são perguntas curtas e diretas, só se atentar porque tem muitas perguntas de diferentes enunciados mas com o mesmo conceito só para ver se você entra em contradição, mas é tipo isso:

  • Você prefere ser arquiteto do que mecânico?
  • Prefere concertar um máquina ou ver um edifício sendo construído?
  • Prefere fazer as coisas o mais rápido possível ou deixar para fazer outra hora?

 

Espero que tenha ajudado. Qualquer dúvida deixe nos comentários, beijos :*

4 comments

4 mar 2011

Minha entrevista para o visto

Categoria: Au Pair is..., Medo

Por:

Fui Au Pair de 2005 a 2007 e acredito que, de lá pra cá, algumas coisas mudaram.

Quando fiz a entrevista, tive que preencher o DS-156 ao invés do DS-160. E isso era feito à mão, e não online. Mas acho que a entrevista em si não deve ter mudado muito.

Cheguei ao consulado em SP munida de uma pasta com todos os documentos possíveis e imagináveis: escritura da casa dos meus pais, documento dos carros, extrato bancário, holerite dos meus pais, carta da minha empregadora na época afirmando que, quando voltasse, trabalharia com ela novamente e tudo o mais que achasse necessário. Como ainda não fazia faculdade, não levei nada comprovando que estudava.

Cheguei com alguma antecedência e logo já entramos no consulado. Foi um bom tempo esperando até chegar minha vez. Como estava com uma amiga, que também seria Au Pair, ficamos ensaiando o que falar, tentando ouvir como era a entrevista com as outras pessoas, prestando atenção aos vistos que eram concedidos ou negados e tentando adivinhar quais dos cônsules eram os mais legais.

vistoQuando chegou minha vez, confesso que estava nervosa. Mas foi tudo muito tranquilo. Primeiro a consulesa me perguntou por que eu queria o visto (em português). Expliquei que estava indo como Au Pair pois queria aprimorar meu inglês e ter a experiência de viver fora do país por um tempo. Depois, ainda em português, me perguntou o que eu estava fazendo no Brasil. Expliquei que, como havia me formado no Ensino Médio a alguns meses, estava apenas trabalhando em uma escola de idiomas, ensinando inglês para iniciantes e intermediários. A partir daí minha entrevista foi apenas em inglês. Ela me perguntou o que meus pais faziam. Depois me perguntou um pouco sobre a Host Family (coisas básicas como o lugar que morar, idade das crianças e no que trabalham). E pronto! Meu visto foi concedido. Não me pediram nenhum documento que não fosse meu passaporte e os formulários necessários. Eu fique tão espantada com a simplicidade que ainda soltei um “That´s it?”. A moça riu e me disse pra ir até o último guichê pagar a taxa.

Mais ou menos uma semana depois, recebi meu passaporte com meu visto estampado nele!

1 comment

3 nov 2009

Visto Canadense

Categoria: Au Pair is...

Por:

Tão burocrático e tão demorado quanto o americano, porém o perfil das pessoas mudam rs Tem muito indiano e árabe lá. Sou feliz por ser brasileira viu! porque esse povo sofre um preconceito… além deles não falaram inglês direito e ficar mais tempo no guichê, até mímica de ‘vou dirigindo’  eu vi.

A Saga (se prepare)
Saí de casa 7h da manhã pra pegar o ônibus 7h15…é expresso então 7h30 já estava em downtown (a uma quadra do consulado, que só abriria as 7h45) o chique é que é em uma galeria, tem Starbucks, livraria e fast food grega (sim!) no térreo. Minha senha era 008. Entrega os documentos (lembrei da Bruna – não esquece da f** pink sheet! o formulário pink). Tiazinha pergunta se trabalho, estudo…digo que sou au pair…whatever. tem parentes no Canada, amigos? (cachorro?) etc. Perguntou se eu tinha como comprovar que recebia $ (aff) disse que sim estava nas 3 folhas do extrato do banco, recebo toda sexta minha senhora rs OK.
Volta pra cadeirinha, aguarda sua senha pra ir pagar. 65$ (dinheiro trocado – troco não existe)
Senta de novo porque me disseram que eu iria pra entrevista (a Manu não fez entrevista e a Bruna acha que a tiazinha levou a entrevista pro lado pessoal hauhauah pegou no pé dela rs).
A entrevista
Minha vez… é au pair? Sim.Quem é a sua família? Os Smith. (ohhhh que pergunta besta)
Quantas crianças cuida? 2.
Como eles são? Ah são crianças … (ela riu – ah que bom que ela entendeu o drama de ser au pair hauha), são adoráveis, inteligentes (e irritantes, mimados etc – abafa!)
Você gosta da sua família? Yes (verdade vai!)
Você vai pro Canadá com eles? Não, vou sozinha. (all by myself baby)
Pra onde você vai? Vancouver (e Victoria rs)
Porque? (oxi!! al[em de ver se encontro a Bella e o Edward la) Turismo
No fim de semana? Hum sim
O que você faz no Brasil? (curioooosa) Sou professora.
Graduada? Sim. (tiazinha entrei na facul com 17 ará pra você rs)
Da aula onde, escola publica…e esqueci as outras alternativas que ela disse rs)? Não, escola de idiomas, no Brasil tem escolas especificas pra aprender inglês e outras linguas. (aqui não tem igual no Brasil, tem em universidades e community colleges – tipo uma escola técnica)
Ah..e você está voltando…hum? Sim, em Janeiro, tenho a confirmação da passagem pela agência.
Ah esse aqui né, hum… E o que você vai fazer quando voltar pro Brasil? (meeuuuu que interrogatório, que dó dos indianos e árabes rs eles ficam o triplo de tempo lá) Eu vou… (confidencial haha muita gente eu sei que lê aqui e fingi que não lê) e vou casar (noiva não sabe ficar com a boca fechada né!!!)
Ah é Quando? (no comments) Não sei ainda, depende de várias coisas, achar apartamento, emprego…
Ok. Estou satisfeita posso te dar o visto.
Que bom que ficou satisfeita neh..Depois de ter a ficha da minha vida hauhauahuaha
– Volta 11h pra pegar o passaporte e o visto…vai dar uma volta!
Huahuahua eram 9h30…. fui passear rs Voltei peguei o passaporte, bus…  meus hosts tinham me dado a manhã off por isso resolvi ir tirar o visto (que só pode ser de manhã).
Que saga né. Tirei o visto em Seattle, WA.

2 comments