27 mar 2011

Pra quê serve o intercâmbio de au pair mesmo?

Categoria: Au Pair is..., Dicas, Estudos

Por:

Já escrevi alguns posts falando sobre os objetivos e razões pelos quais participamos do Au Pair, mas semana passada foram dias que tive um retorno dos meus 2 anos nos Estados Unidos.

Retornei ao Brasil, fluente no inglês, em 2007 e desde então dei aulas do idioma e sempre tive acesso a muita informação e materiais de pesquisa da minha área de cerâmica graças a esta fluência. E o que mais poderia ganhar com isso? Seguem notícias fresquinhas pra vcs que ainda tenham alguma dúvida se vale a pena ir ou não:

1. Passei numa seleção de alunos (com prova escrita e oral de inglês) pra fazer intercâmbio nos Estados Unidos através da universidade que estou estudando no momento

2. Acabei sendo tradutora-interprete de um ceramista chinês (q fala inglês) que veio participar de um congresso aqui no Brasil

2 comments

15 out 2010

Helping with Homework

Categoria: Au Pair is..., Dicas, Estudos

Por:

E como nem tudo são flores, há também as horas que não são muito legais.

Ajudar com a tarefa de casa era uma das coisas que, particularmente, não me agradava muito, especialmente quando as crianças eram menores e estavam iniciando essa prática. Mas, como não havia outro jeito e a tarefa tinha que ser feita, com o tempo fui ganhando mais experiência e isso se tornou menos penoso, pelo menos pra mim.

homework_timeO papel da Au Pair nessa hora deve ser esclarecido pelos pais: quando homework deve ser feito, onde deve ser feito, onde devo ficar enquanto a criança o faz, o que fazer se a crianças não cooperar ou não quiser fazer e por aí vai. Isso deve ficar claro tanto pra Au Pair quanto pra criança.  É bom sempre deixar os pais informados sobre como está o andamento, o que está bom e o que precisa ser melhorado.

Quando for ajudar a criança, a primeira coisa que ela deve entender é que o homework é dever dela, e não seu (apesar de ser seu trabalho ajudá-la a fazer). É ela quem deve fazer e caso ela não o faça, é ela que vai ter que arcar com as consequências. Você está ali para ajudá-la e não para fazer por ela.

Antes de começar, é bom certificar-se de que a criança tenha feito um lanchinho e esteja descansada. Meu maior problema com as crianças menores, entre 5 e 7 anos, era esse: chegavam da escola cansadas e, após o snack, já tinham que fazer a tarefa. Isso se tornava cansativo tanto pra mim quanto pra elas. Também certifique-se que não haja distrações por perto, como uma televisão ligada ou computador.

Quando começar a ajudar, deixe primeiro que a criança identifique o que ela pode fazer sozinha e no que ela precisahomework_problemsajuda. Você pode ajudar perguntando se ela sabe o que tem que fazer, se precisa de ajuda pra entender algo. Caso a criança saiba o que tem que fazer, deixe-a fazer sozinha. Caso identifique erros na resposta da criança, peça que ela releia o que acabou de escrever e pergunte se a resposta faz sentido pra ela. Se ela fizer tudo certo, elogie-a (isso motiva bastante, especialmente as menores). Se você não precisar ficar ao lado da criança o tempo todo, esteja disponível pra quando ela precisar.

Se a criança já for maior e faz a tarefa sozinha e a única coisa que você deve fazer é certificar-se que ela fez e que está tudo certo, mais uma vez, ao identificar algo que não está de acordo, pergunte à criança se sua resposta está correta ou se ela tem certeza que é assim que faz. Caso ela não identifique o que não está de acordo, mostre pra ela e tenha a certeza que corrigiu. E se tudo estiver dentro dos conformes, não esqueça de elogiar.

Essa pode não ser um dos momentos mais prazerosos do seu dia, nem do dia da criança, mas é bom que esses cuidados sejam tomados pra que a homework hour não se tranforme na horror hour.

No comments

26 set 2010

Investimento em material didático

Categoria: Au Pair is..., Cultura, Dicas, Estudos

Por:

Meninas, uma boa dica pra quem quer voltar pro Brasil munida de um bom dicionário inglês-inglês é o:

P8010132

Além dele vir acompanhado de um cd com exercícios e outras coisinhas, ele tem explicações gramáticais e muito phrasal verb! Eu paguei por volta dos US$35,oo nos States e aqui no Brasil já encontrei até por R$140,00. Vale a pena trazer um de lá!

Um bom lugar pra comprar livros são as próprias universidades. As bibliotecas estão sempre renovando o acervo de livros, por isso com muita frequencia tem promoção pra “desovar” os livros velhos. Média dos preços: US$1,00!!!! E’ verdade… 1 dólar!!

No comments

5 set 2010

Framingham State University

Categoria: Au Pair is..., Dicas, Estudos

Por:

Esta foi a universidade onde eu fiz meu primeiro curso de inglês. Logo que cheguei na casa da minha host family, já fiz minha inscrição no curso Advanced Grammar. As aulas começaram em setembro e todos os alunos dos cursos de inglês tiveram que passar por  uma prova oral e escrita pra saber qual o nível indicado pra cada um. Teve duração de 3 meses, 2x por semana e custou aproximadamente US$280,00 em 2005.

No comments

2 set 2010

TOEFL

Categoria: Estudos

Por:

O  Test of English as a Foreign Language, mais conhecido por TOEFL, é um teste que avalia a habilidade de uma pessoa para usar e entender o inglês.  Geralmente é um pré-requisito para pessoas que querem estudar em países de língua inglesa, mas que não a falam como língua nativa.

Algumas universidades nos EUA, e outros países que usam o inglês,  requerem o TOEFL para admitirem estudantes estrangeiros. Outras apenas fazem um teste próprio, para testar a proficiência na língua. Para saber, o jeito é entrar em contato com a instituição de ensino e perguntar.

Ele é composto por questões de Reading, Listening, Speaking and Writing.

O teste é válido por 2 anos e você pode fazê-lo online.

Para mais informações, entre no site.

No comments