24 abr 2014

Já faz 3 anos…!!!

Categoria: Atividades, Au Pair is..., Cultura

Por:

Essas quatro crianças adoráveis foram o motivo da minha ida aos EUA em 2011 e me fizeram ter uma experiência maravilhosa como Au Pair.
No último dia 18/04 fez 3 anos que parti nessa aventura que foi muito proveitosa e feliz!
Um ano longe da minha família real mas que me fez ganhar uma nova família americana e amigos que se tornaram irmãos, pois fora de casa, longe de tudo a gente se apega e escolhe quem a gente quer por perto e assim constituímos uma grande família ao redor do mundo! Miss You all my dear family and friends!
Foto: Essas quatro crianças adoráveis foram o motivo da minha ida aos EUA em 2011 e me fizeram ter uma experiência maravilhosa como Au Pair. Hoje faz 3 anos que parti nessa aventura que foi muito proveitosa e feliz. Um ano longe da minha família real mas que me fez ganhar uma nova família americana e amigos que se tornaram irmãos, pois fora de casa, longe de tudo a gente se apega e escolhe quem a gente quer por perto e assim constituímos uma grande família ao redor do mundo! Miss You all my dear family and friends! :) <3
Ando com essa fotinho deles na minha carteira e sempre tenho maior orgulho de falar deles, de contar como foi nossa experiência e do quanto sou feliz por ter conhecido “such a great family”
Por isso recomendo muito o programa Au Pair, pois ganhamos uma nova família americana e uma nova família pelo mundo, pois temos a chance de conhecer dezenas de Au Pairs do mundo todo e carregá-las em nosso coração para a vida toda como irmãs.
A experimento é sem dúvida a melhor empresa para o Programa Au Pair, pois nenhum menina que foi assessorada pela Experimento teve qualquer problema durante a chegada e a estadia… infelizmente conheci algumas que não foram muito assessoradas por outras empresas e não viveram a experiência plena e sem problemas.
Não tenha dúvidas na hora de escolher a agência, com a Experimento você vai tranquila, confia de olhos fechados pois eles cuidam para que tudo dê certo e você permaneça lá da melhor forma e volte apenas com as melhores lembranças!
Kisses for all! XoXoXo

No comments

8 out 2012

Tchau USA…a saga de deixar de ser Au Pair

Categoria: Au Pair is...

Por:

Sumida eu? Imagine… tô sumidaaassa!

Verdade é que eu não queria que isso tivesse acontecido, mas voltar pro Brasil depois de um ano de sucesso nos EUA, não é mole.

Não é fácil porque tem malas pra fazer, coisas pra resolver e despedidas…ah, as despedidas…

Bom, tenho muito pra contar pra vocês, mas vou começar pelo meu último dia na casa da host family.

Gente, é muito complicado dar tchau pra todo mundo. Não sei se a maioria se sente assim, mas eu fiquei com um ‘buraco’ no peito. Poxa, eu não sei quando terei a oportunidade de revê-los (apesar de terem deixado portas abertas para mim).

Enfim…

Antes da minha última noite como Au Pair, tive a oportunidade de passar meu último feriado judaico com a host family. Celebramos o Rosh Hashanah e, no meio do jantar, meu host pede a palavra e faz um discurso lindíssimo sobre mim. #todoschoram

Na noite de terça-feira (18/09), saímos para jantar em um restaurante escolhido pelas kids (o ‘nosso’ restaurante, segundo eles). Mais discurso, mais lágrimas e um photobook lindo feito por eles, com vários de nossos momentos.

Jantar de despedida =(

Jantar de despedida =(

Depois tivemos uma noite de jogos, regada a risadas e diversão. Também recebi a visita das minhas amigas e muitos presentinhos delas.

Na manhã do dia 19, o clima era aquele de se esperar. As crianças não conseguiam olhar na minha cara e nem eu na deles. Dirigi pela última vez para a escola e eles ficaram lá, acenando por eternos minutos pra mim.

O que eu quero deixar de recado aqui (além de todas essas lágrimas) é que, a vida de Au Pair não é fácil. Muitas coisas acontecem, dias de solidão, de choro e saudade…mas também pode ser muito bom. Se você tem claro em sua mente o seu objetivo, trabalhou por um bom match (e conseguiu), esse pode ser o melhor ano da sua vida!

Meus hosts, em conversas separadas, disseram que de todas, eu fui a melhor Au Pair. Vocês podem pensar: “Ah, mas eles devem falar isso pra todas”… e eu explico que, pelo pouco que os conheço, eles não falariam isso por nada.

Eu trabalhei lá e trabalhei com amor. Larguei tudo aqui e fui pra lá com o objetivo de estudar e aprimorar o inglês, mas sabia também do meu comprometimento com a host family. Fiz com dedicação e o resultado não poderia ter sido outro.

Desejo toda a sorte do mundo para todas as meninas que já estão nessa saga e para as que sonham em um dia ter essa experiência na terra do Tio Sam.

Um beijo e eu volto para contar mais sobre a viagem de volta e outras cositas!

=D

3 comments

11 set 2012

Saudades!

Categoria: Au Pair is..., Dicas

Por:

Olá meninas, tudo bem?

Eu andei sumida porque trabalhei demais nos últimos dias… já estava com SAUDADE…

SAUDADE: essa é uma palavra que vai fazer muito parte do seu dia-a-dia quando você voltar da sua incrível jornada nos EUA.

Também faz muito parte da nossa vida nos EUA pois sentimos falta de muita coisa que vivíamos ou tínhamos no Brasil, e que mesmo que encontremos nos EUA, não vai ser a mesma coisa nunca!

Eu costumo dizer que eu sou uma pessoa saudosista, que eu não deveria ir para outros países pois quando volto sinto muitas saudades de onde eu estava, mas é assim mesmo, tudo que a gente gosta e perde, ou deixa de ter ou viver aquilo, nos faz falta… pelo menos por um tempo…

Amigas brasileiras que deixaram saudades, aqui e nos EUA...

Amigas brasileiras que deixaram saudades, aqui e nos EUA...

É que nem o lance de namorar, quando termina a gente sente saudade daquela pessoa por um tempo, mas depois acostuma e esquece… o mesmo se dá com as saudades de coisas ou lugares, quando vc pode substituí-los por outras coisas… apesar de dizerem que nada nem ninguém é susbtituível, todos também sabem que não há nada melhor que um novo amor para curar um velho amor…

Esse post pode ser vir pra vc sarar de uma saudade de pessoas que vc deixou para ir em busca do seu sonho de ser Au Pair, ou do lugar que vc deixou… de algo que vc fazia e deixou de fazer… ou coisas e pessoas que vc virá a sentir falta!

Eu atualmente estou trabalhando muito depois de 4 meses que voltei dos EUA, e não tenho descanso, então não consigo fica pensando muito na minha vida antiga e não dá aquela saudade que dói… quando páro e penso em tudo, fico morrendo de saudade, mas quando penso nas minhas metas e coisas que tenho que fazer por aqui, essa saudade fica em segundo plano.

Morro de saudades das kids…sério mesmoo!!! Eu amo esses pequenos…que aliás estão enormes… apenas 4 meses que estou longe parece que passaram uns 3 anos e eles estão tão grandes, lindos e mais maduros..nem parece aqueles 4 anjinhos que eu conheci há um ano e meio atrás e cuidei com todo carinho, participei da vida e da criação deles por 1 ano! Ai ai…que saudade me deu agora!

Ai que saudade do Nate (coisa mais fofa do mundo!)

Ai que saudade do Nate (coisa mais fofa do mundo!)

Quando eu estava lá sentia falta da minha família, amigos, lugares que ia aqui, comidas e enfim, uma infinidade de saudades eu senti… mas com o dia a dia corrido e muitas coisas a viver por lá, acabei superando e suprindo minhas saudades com vivências que agora me dão saudade…mas que é uma saudade saudável…

É muito bom lembrar de tudo que passou, de tudo que vivi…de tudo que aprendi…de quem conheci…posso até chorar de saudades de algumas coisas e pessoas principalmente, mas como diria Robertão: “se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi!” e ser Au Pair é uma profissão cheia de aventura, emoções e saudades…

Saudades das minhas amigas lindas!!!

Saudades das minhas amigas lindas!!!

Se tenho saudades é porque tudo foi bom, valeu a pena, e tenho certeza que cada uma de vocês que for e que voltar vai levar saudades daqui e trazer algumas de lá… mas o importante é aproveitar cada momento…sem pensar no depois… e se a saudade chegar, pensa nela com carinho e concentra em outra coisa, vai pra outro lugar…

Quanto mais a gente vive, mais saudades se tem… mas é um bom sinal… sinal que não passamos despercebidos e indiferentes pela vida…e nem a vida passou sem deixar marcas em nós…

Um super beijo a vcs, com saudades!

😉

Isa

No comments

7 out 2011

E mais reencontros…

Categoria: Au Pair is..., Fotos, Viagens e Passeios

Por:

Além do reencontro com as kids e host parents, também reencontrei algumas amigas da costa leste. Na verdade, fiquei na casa de duas delas por alguns dias (obrigadas meninas!), e foi muito bom poder reencontrá-las, agora num momento bem diferente de quando éramos au pairs.

Algumas vieram pro Brasil e nos vimos por aqui, mas o reencontro nos EUA foi bem diferente, já que fomos a alguns lugares que costumávamos ir. As memórias são incontáveis e, muitas vezes, só têm graça pra nós. O legal é que cada uma tomou um rumo, mas a amizade continua, mesmo que de muito longe. Afinal, foram meses e meses de au pair nos quais cultivamos muito essa convivência. E quem é ou será au pair vai ver que é assim mesmo: em poucos meses fazemos amizades pra uma vida toda!

Antes

Antes

Depois

Depois

1 comment

7 out 2011

Reencontros…

Categoria: Au Pair is..., Fotos, Viagens e Passeios

Por:

Depois de alguns meses eu estou de volta! Desculpem a ausência…

Hoje vim aqui contar que, 6 anos depois da minha primeira ida aos EUA, finalmente eu voltei lá! Fiquei quase um mês passeando e reencontrei umas das minhas ex host families e alguns amigos.

Fiquei surpresa ao reencontrar as crianças da Host Family! Eu sabia que elas haviam crescido bastante e estavam diferentes, mas confesso que foi um choque! Afinal, 5 anos fazem muito mais diferença pra crianças do que pra nós que já somos crescidinhas hehe.

Eu havia dito ao meu host father que iria aos EUA e queria ir visita-los, então combinamos uma data. Ele não contou pras crianças que eu iria visita-los e quando eu cheguei na casa elas haviam saído e não tinham voltado ainda. Então quando chegaram eu estava lá. A mais velha me viu primeiro, e veio correndo na minha direção. A mais nova demorou mais um tempo pra perceber. As duas ficaram MUITO surpresas, perguntando se era eu mesmo e o que estava fazendo ali, me abraçando muito. Quando eu cheguei lá pra ser au pair elas tinham 3 e 4 ½ anos. E sim, as crianças se apegam muito a nós, assim como nós nos apegamos a elas.

Quanto aos meus host parents, nos receberam muito bem, com um típico churrasco de hot dogs e hamburgers. Foi muito bom reencontrá-los, pena que foi apenas um dia, já que a viagem acabou sendo bem corrida, pois fomos a vários lugares.

E aqui vai o antes e o depois:

2005_2011

No comments