29 mai 2015

Nível de Inglês

Categoria: Au Pair is..., Dicas

Por:

Oiii Meninas!!

Bom hoje vim para falar sobre um assunto bem questionado no nosso mundo de au pair, a questão do nível requisitado de inglês. Vamos lá, em relação a agência acredito que muitas sabem que vocês precisarão passar pelo ITEP – um teste de inglês para verificar o seu atual nível de inglês e que não é um bicho de sete cabeças como todo mundo pensa. Você precisará tirar no mínimo 3 nesse teste para conseguir ficar online pela a agência e provavelmente se ficar com uma nota 3 receberá a ligação de Londres perguntando algumas coisas para ver realmente se você consegue se comunicar. Eu não tenho tantos detalhes desta parte, pois não recebi a ligação e fiquei com um nível avançado – na época.

Mas a grande questão é, quanto melhor seu nível de inglês, melhor será seus primeiros meses aqui em relação a comunicação. Eu fiz anos de inglês no Brasil, conseguia escrever bem, ler, mas falar era muito complicado, achava que era tranquilo, até pisar no aeroporto em NY. Quando comecei a ver todos aqueles americanos, percebi que meu inglês era péssimo e senti muuuuita dificuldade. Se meu inglês fosse melhor, ficaria mais tranquila, mas não foi o caso haha. Então recomendo que vocês estudem e se dediquem sim antes de vir, porque claro que será mais fácil.

Depois de 1 ano e 2 meses vivendo aqui percebi o quanto meu inglês mudou, hoje eu consigo entender a maioria das conversas, conversar normalmente, ler e escrever, e estou bem mais aliviada.  Maaaaas é claro que ainda quero melhorar, e isso só vai acontecer com dedicação da minha parte. E eu sobrevivi haha, então eu acredito sim que uma pessoa com o inglês intermediário consegue se virar, mas tenha em mente que quanto menor o seu nível de inglês, mais complicada as coisas podem ser. Se você acha que seu nível de inglês é fraco, dica: deixe bem claro para a família, não vá estudar horrores para se sair bem no inglês no Skype, e depois chegar aqui e travar totalmente, muitos rematches acontecem por isso, pois a família acha que a au pair não tem capacidade para cuidar das crianças. Então vale ser bem honesta quanto a isso! É melhor arranjar uma família que entenda isso, e te ajude sempre, do que uma que vá pedir rematch na sua primeira dificuldade com o inglês.

Então, não desista! Estude e vá em frente! Aqui você conseguirá melhorar seu inglês sim e muuuuito!! Nada melhor que o contato diário com a língua!! :)

Dúvidas só perguntar! Beijao!

 

 

2 comments

2 abr 2015

Sobre o temido Inglês!

Categoria: Au Pair is..., Dicas

Por:

Nove a cada dez meninas que me fazem perguntas, nove é sobre o inglês!

* Qual era seu nível de inglês ao chegar ai?

*É dificíl para se adaptar?

* Você conseguiu entender tudo?

*Como está o seu inglês agora?

*Você não tinha medo de falar?

*Como você fez para aprender inglês?

* É difícil de passar no teste da agência?

Entre milhares de outras perguntas que já não consigo mais lembrar. Eu vou contar sobre minha experiência e dar umas dicas de como aperfeiçoar seu inglês :)

Eu sempre gostei muito de falar inglês, me achava super “Fancy” falando em inglês, mesmo com aquele meu inglês meia boca haha. Eu comecei a aprender inglês com sete anos de idade na escola que estudava, porque tinha aula aos sábados. Aprendi as cores, animais, insetos, cumprimentos, frases básicas mais só sabia disso até os meus 14 anos. Foi quando eu ganhei um computador com internet e comecei a fazer download de programas que ensinavam inglês. Com passar do tempo descobri o vagalume, comecei a procurar pela tradução das músicas e pronúncias, fui aprendendo algumas expressões, palavras novas e etc. Então descobri sobre a famosa série Gossip Girl! Que amo até hoje! assisti todas temporadas em legendado em inglês porque era a única forma de se assistir online. Antes disso, odiava ter que assistir legendado. Hoje em dia, corro de qualquer coisa que seja dublada.

Porque eu estou falando isso? Porque se você gosta da língua, quando você chegar aqui, você vai tirar de letra. Agora se você não gosta pode ser um pouco mais difícil.

Quando eu descobri sobre o programa de Au Pair meu inglês era super ruim, juro, não saia do What’s your name? How are you? e blá blá blá. Então, comecei a correr atrás do meu inglês para poder passar no teste da agência (isso um ano antes de fazer minha inscrição). Encontrei uma escola de inglês que tinha duração de 18 meses. Completei esses 18 meses aprendendo só a gramática. O que me ajudou em termos, mas vocabulário, expressões, gírias aprendi somente com músicas, filmes, séries entre outros. Então comecei a aprender a perguntar por coisas do tipo Where is him? or Do you already eat? Porque sempre ouvia nos filmes.

Quando fiz meu primeiro teste na agência, o de michigan, fui reprovada. Porque é uma prova que pede muita gramática, e eu não tinha muita noção na época, só sabia falar aquilo que tinha aprendido nos filmes. Então estudei bastante e passei. Meu ITEP eu achei mais tranquilo que o michigan, porque eu já sabia me expressar e passei de primeira. Meu nível de inglês antes de sair do Brasil era um intermediário pobrezinho, conseguia formular algumas frases, e sempre soube que se me jogassem em NYC conseguiria me achar porque sabia como pedir informações e tudo mais.

Quando cheguei aqui o inglês não foi nem um pouco difícil de me adaptar, por duas razões, primeira que muita coisa que ouvia aqui já tinha ouvido em filme, antes então sabia o que responder. Segundo que eu amo a língua, então vivia falando com todo mundo, mesmo falando errado. Falava pelas culatras e falo até hoje. Então uma dica, veja muito seriado com legenda e filme, porque eles retratam coisas do dia-a-dia, situações e etc. Coisa que você aprende limitadamente em sala de aula. E isso da um super UP no inglês. Falei muito, sem medo de falar, tente falar até as coisas que você não sabe o nome, faça mímica ou desenhe se possível porque você nunca vai aprender o nome daquela palavra se alguém não te disser ou se você não perguntar. E acredite que muitas das coisas que traduzimos no google são diferentes aqui. Eles te dão uma idéia do que se trata, mais as vezes é quase nunca usado ou não faz sentido.

No começo eu não entendia 100%, mais tinha uma idéia do que se tratava porque sempre tinha aquela palavra que conhecia no meio da frase e fazia uma dedução do que se referia. Era como de fosse um jogo de adivinhação, até hoje algumas vezes. E foi só falando o que eu achava, mesmo sendo errado foi que eu aprendi a entender corretamente o sentido da frase ou da pergunta; Então eu repito de novo, não tenha medo de falar, de errar se não você não aprende.

Meu inglês agora está um inglês avançado meio boca haha Eu consigo falar sobre tudo, tudo mesmo. Mais ainda existe palavras que ainda desconheço (varal por exemplo, minha prima me perguntou como se falava e não fazia idéia). Mais já consigo falar sobre estrelas, céu, meus antigos relacionemos, planos pro futuro, besteiras hehe entre milhares de coisa, e foi só conversando muitooooooooo que fiquei assim e continui conversando muitoooooo e sempro aprendo uma palavra nova. Minha melhor amiga aqui é da Republica Checa, a única lingua em comum era o inglês, e ela era uma das únicas com quem conversava, então sempre tentei e tentei falar inglês.

Então minhas dicas maiores são: veja bastante filme, série e etc. Não tenha medo de falar inglês. Se arrisque. Give it a shot. Take the risk!

E para gramática, o duolingo me ajudou muito! Ajuda muito a fixar os tempos verbais e etc.

Espero que tenha ajudado! Dúvidas deixem nos comentários ou me mandem e-mail Gleicii.dias@gmail.com

– XOXO

5 comments

16 ago 2010

Teste de inglês – como funciona e como se preparar

Categoria: Dicas

Por:

Quando a candidata a au pair se inscreve no programa é necessário passar um por teste de inglês, cada agência tem o seu formato e os testes estão sempre mudando e sendo atualizados, mas no geral todos eles tem como objetivo avaliar seu nível de inglês em três habilidades:
 
Listening – testa sua habilidade de compreender informações simples, ordens e interpretar dados. Nesta parte você ouvirá alguns diálogos ou textos e terá que responder algumas perguntas relacionadas.
 
Speaking – testa sua habilidade de falar em inglês, será feito perguntas simples sobre algum gosto pessoal, hobbies ou sobre aspectos rotineiros da sua vida. Você terá então que responder em inglês.
 
Reading – assim como no listening esta parte testa sua habilidade de compreender informações simples e interpretar dados, mas com base na leitura de algum texto.

Como se preparar
 
Em primeiro lugar, do not panic! rsrsrs…o teste é simples e feito para avaliar seu nível de inglês, esse resultado será informado no seu application, assim as famílias ficarão preparadas para conversar com você, de acordo com o seu nível de inglês.
 
Para se preparar você pode fazer exercícios de gramática, ler sites em inglês de assuntos que te interessam e treinar bastante a fala com alguma amiga. Você pode ainda assistir filmes sem legenda para melhorar o listening ou com legendas em inglês se estiver muito difícil.
 
Há muito material disponível na internet, testes, textos, aúdios e vídeos, pesquise e você encontrará diversas formas para se preparar antes do teste.
 
Bons estudos!

13 comments