3 set 2012

Vai pra onde?!

Categoria: Au Pair is...

Por:

Pessoas lindasss, tudo bem?! Espero que simmmmm todos defrutando de um otima saúde.

Tenho duas super coisas para contar antes de mais nada, primeiro que eu dei uma sumidinha porque a eu estava achando que meus textos estavam fugindo do foco Au Pair.

Como assim JOSÉ?! Sim Maria, eu achei que estava falando muito de vida pessoal e pouqui­ssimo do babado principal, mandei vários e-mail’s pertubando a vida da Bia da Experimento (se achando a intima lol), perguntando sobre isso, só que ela estava de férias e deve ter surtado com os varios e-mail’s da doida que vos fala, SORRY  vou te dar um superrrrrr perfume como pedido de desculpas eu JUROOOO! Mas no fim ela falou uma coisa muitooo certa, minha gente eu sou Au pair, e se falo da minha vida estou falando da vida de uma Au Pair,  uhuuuuuu que matematica mais idiota em Naiara, não que eu seja um super exemplo mas dá para tirar um graça.

Segundo, resumo rapido rasteiro voandoooo, o caso com o brasileiro cachorro, safado, sem vergonha, esta na mesma, MOMENTO VERGONHA BATE NA PORTA,  falo com ele de vez enquando,  as vezes nem lembro as vezes lembro muitchoooooo, mas ta indo na mesma, eu sempre adorei as Marias (mercedes, do mar e do bairro) acho que inseri muito drama mexicano na minha vida rsrrsrsr. Só um novo amor para curar outro e assim vai me indicando para loiros ou moreno, altos, bonitos e sensuais, minha tia disse que na altura do campeonato meu unico critério tem que ser, TEM DENTE?! segue o bonde rsrrsrrs.

Mas voltando ao tema do post, estava eu conversando com uma gatinha que acompanha o blog e ela me falou de uma super  Host Family que estava no perfil dela e que ela adorou, BUT (em inglês, chinês em qualquer língua esse “mas” acaba com a festa) a familia era do Arizona, lugar que ela nunca imaginou morar. Depois de conversar muito com ela, eu fiquei pensando tá ai um otimaaaaaaa ideia para um post….

Vamos lá como eu disse anteriormente, primeiro fui para Colorado, com a minha primeira host family, tambem nunca tinha imaginado morar lá, mas quando uma familia entrava no meu perfil, a primeira coisa que eu fazia era correr para procurar universidades proximas, com algum curso na minha area. Quando fui pesquisar Denver, que era onde eu iria morar, achei um instituto de Relações Internacionais absurdamente incrível,  de pirar o cabeção dez vezes e não ficar tonta, celeiro de criação de personalidades que eu adoroooooo, tudo que meu glamour e meu luxo mereciam. E resto não sabia mais nada do estado, a não ser filmes e seriados que eu assistia. A familia ia de encontro com os meu objetivos, tudo certinho tudo resolvido, pois bem MATCH! E fui…

Colorado!

Colorado!

Vou te contar que as montanhas foram umas das melhores e mais gratas surpresas que eu já tive na minha vida, o Colorado é um dos lugares mais espetaculares que eu já conheci,  se eu tivesse que escolher um lugar dentro do EUA para morar, nao pensaria duas vezes, eu simplismente sou apaixonada por lá.DSC00031

O lugar não tem tanta familia quanto os outros, então voce não conhece só brasileiras (eu tinha uma super amiga chilena a Camila e uma espanhola Marixtel),

Eu e a Camila (chilena) no Red Rocks

Eu e a Camila (chilena) no Red Rocks

sem contar que  as brasileiras são mais unidas porque o cluster é pequeno, é dificil ter confusão. Diante de tudo isso tambem tem um super detalhe, é dificil ter estrangeiro, tem mexicano (até no Alasca deve ter), mas nao como aqui em DC, NY e região. Ahhh  e PRAZAMIGAS, hummmm ai vai: especificamente no Colorado o número de homens para mulheres é muito maior, para cada sete homens tem uma mulher, ahhhhhhhhhhhhhhh fala que um sorriso lindo não surgiu na boca de vocês. Com relacão a cursos de inglês eu achei muito precario, mas dá para fazer só demora mais mas o inglês é mais puro. Infelizmente  não deu certo  e como o número de familias é muito baixo, eu mudei, mas vim para uma região que eu queria desde o inicio, só por causa da Georgetown. Eu adoro DC, é demais ver o helicopitéro do Obama  passando, ter a casa branca pertinho (quantos mil filmes eu não vi com ela) e tem muita coisa muita coisa para fazer. Com relação aos estudos é formidável, o que não falta são escolas com cursos intensivos  e horários  bons. O fato ruim, é que aqui é capital né gatinhas, ou seja muita gente do mundo todo e muita brazucasssss, praticar o inglês requer um pouquinho de força de vontade.

Aqui em DC, eu conheci uma amiga que vai ficar para via inteirinha, a Re! O primeiro ano dela foi em Indiana, ela simplismente amou, e só renovou porque foi muito bom, só que queria conhecer um novo estado então renovou com outra familia, mas quando ela me contava como foi o primeiro ano dela, eu surtava de pura inveja, BIXA POBRE!

O lugar é o de menos se você vai ter uma super familia, com vantagens que talvez você nao teria em uma cidade grande.

Pois então queridas, conclusão da TESE… Eu sei que a nossa expectativa é sempre NYC dando uma de diva Alicia Keys ou California e sendo bem cafona, colocar a música para avisar a familia “garoto eu vou para California”, os dois lugares são demais! Mas pensem comigo você não esta entrando nessa só para o “improve my english”,  a palavra aventura está nos seus olhos. Então se joga gatinha, vai com fé… que o babado é otemoooooo! Abram o coração para o novo, quando a expectativa não é muito grande a chance de ser surpreendida é enormeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee.

Foi isso hoje, vou tentar postar todos os dias, os últimos acontecimentos, para depois seguir a ordem certinha o que realmente ando fazendo por esses dias, Ok bonitas?!

Fico aqui deixando …

Um beijo, um cheiro, um queijo!

10 comments

  1. Renata disse:

    Naauauaa!!

    Quero meus direitos haha. Simmm .agree c td q vc flo. As vezes oslugarrs que vc nunca iria te surprendem de uma forma inesqueciivell 😉
    Amo e amei Indiana e Dc.
    Amei por conhecer alem d td pessoas como vc !

    T vejo em sampa

  2. Tamires disse:

    Ebaaa ate que enfim! Adorei as dicas… Será que tenho coragem?! Heheheh bjs

  3. Tais Chagas disse:

    Ai Na.

    Falou e disse, e voce bem sabe que as pessoas fazem o lugar. Quando era aspirante a au pair so sonhava com NYC por causa da música da Alicia, e acabei caindo nos braços de DC, que virou minha paixão por qual daria a vida para voltar nem que fosse so por um dia.
    Aproveite tudo aí por mim!

    Bjão

  4. Joyce disse:

    Nai…..
    Adorei viu…… Escolher família é sentir o feeling, pq não adianta vc morar em um lugar maravilhoso e ser tratada como cachorro. Eu dei muita sorte moro no lugar que eu sempre quis com uma família maravilhosa.Por tem que ser escolhida com muito cuidado…..
    bju bju adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  5. Ana Cláudia disse:

    Nossa..

    Adorei o post.
    Quero muito ir para o Colorado, qualquer cidade..
    O estado é incrivel, ja pesquisei sobre tudo.
    Mas, só encontro familias ou do estado de NY ou de Maryland.
    Não que eu não fique feliz, pois são cidades grandes e com muita gente a se conhecer, e coisas a se fazer.
    Mais quero tanto ficar perto das montanhas, Yellow Stone entre outros..
    Acho que são poucas pessoas que assim como eu querem ir pra estados mais pro interior

    Bjos

    • Naiara disse:

      Anaaaa Cláudia,

      Eu sei essas areas bobam, tem familias saindo pela culatra, eu sou suspeita sou apaixonadissima por lá, uma dica procura os grupos da região e diz que quer muitooooo ir para lá!
      rsrrsr vai que da certo,

      beijos e boa sorte!!!

Leave your Commnet!